Códigos de retorno do InvoiCy

Última atualização em: 04 de maio, 2016

 

CÓDIGO RESULTADO DO PROCESSAMENTO DA SOLICITAÇÃO
Códigos de retornos gerais, válidos para todos os documentos enviados
100 Documentos processados
103 Falha na validação do certificado digital. Esse retorno ocorre quando há uma inconformidade com o certificado digital informado para a empresa, onde a senha pode estar incorreta, a data de validade estar vencida, ou o certificado informado não corresponder a empresa que está sendo cadastrada.
104 Certificado digital não informado, importe o certificado de sua empresa para emitir
108 Entrada da SEFAZ em contingência
109 SEFAZ em contingência
117 Nenhum documento localizado na base de dados
145 Falha na estrutura XML do documento enviado, verifique o layout de integração
173 Chave de comunicação inválida
174 Documento e ambiente não identificados
176 Tipo documento não identificado
179 Consumo indevido do Web Service! Esta requisição foi rejeitada pelo InvoiCy e será bloqueada pelos próximos [60-1] minutos, pois foram recebidos [4-9999] requisições iguais.
199 Falha na busca dos dados para emissão
201 Falha na assinatura digital
602 Não foi encontrado Web Service para enviar o documento
606 Empresa não está habilitada para utilizar o sistema
607 Empresa não está licenciada para utilizar o módulo e ambiente informado
999 Erro genérico
Códigos de retornos específicos para cada documento enviado
100  Autorizado o Uso
101  Cancelamento homologado
102  Inutilização de número homologado
105  Documento pendente
106  Documento não consta na base de dados do InvoiCy, caso queira enviá-lo, preencha todas as informações do evento
108  Documento pendente em contingência
135  Evento autorizado e vinculado ao documento
Códigos de retornos específicos para o cadastro de empresas via Web Service
100 Solicitação de cadastro recebida
Ao receber esse retorno significa que a sua empresa foi cadastrada com sucesso no InvoiCy.
101 Falha na estrutura do XML ou campos obrigatórios não preenchidos
Nessa situação a empresa não foi cadastrada, pois algum dos dados informados não estava de acordo. O usuário receberá o código 101 juntamente com o campo que não foi informado corretamente.
103 Falha na validação do certificado digital
Esse retorno ocorre quando há uma inconformidade com o certificado digital informado para a empresa, onde a senha pode estar incorreta, a data de validade estar vencida, ou o certificado informado não corresponder a empresa que está sendo cadastrada.
104 E-mail do usuário é inválido
No momento de cadastrar a empresa, ao informar incorretamente o e-mail do usuário, será retornado o código 104 para o usuário.
105 Campos nome ou senha do usuário não informados
Se ao cadastrar a empresa não for informado corretamente as informações referentes ao nome e senha do usuário será retornado o código 105.
106 Usuário já cadastrado
Se o usuário informado no momento de cadastrar a empresa já estiver cadastrado será retornado o código 106.
107 Usuário e senha da caixa de e-mail não informada
Ao cadastrar uma empresa, pode-se também configurar uma caixa de e-mail. Será retornado o código 107 quando o usuário e senha da caixa de e-mail não forem informadas corretamente.
108 Não foi possível conectar ao servidor de e-mail informado
Esse retorno irá ocorrer quando o servidor de e-mail informado não estiver de acordo, não possibilitando o acesso ao mesmo.
109 Empresa Matriz não encontrada
Ao cadastrar uma Filial, quando a empresa Matriz não for encontrada, irá retornar o código 109 para o usuário.
173 Chave de comunicação ou chave de parceiro inválida
O código 173 será retornado quando a chave de comunicação ou a chave de parceiro estiverem inválidas, retornando especificamente para o usuário qual das chaves está incorreta.
CÓDIGO MOTIVOS DE NÃO ATENDIMENTO DA SOLICITAÇÃO POR PARTE DA SEFAZ
201 Rejeição: O número máximo de numeração de NF-e a inutilizar ultrapassou o limite
202 Rejeição: Falha no reconhecimento da autoria ou integridade do arquivo digital
203 Rejeição: Emissor não habilitado para emissão da NF-e
204 Rejeição: Duplicidade de NF-e
205 Rejeição: NF-e está denegada na base de dados da SEFAZ
206 Rejeição: NF-e já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
207 Rejeição: CNPJ do emitente inválido
208 Rejeição: CNPJ do destinatário inválido
209 Rejeição: IE do emitente inválida
210 Rejeição: IE do destinatário inválida
211 Rejeição: IE do substituto inválida
212 Rejeição: Data de emissão NF-e posterior a data de recebimento
213 Rejeição: CNPJ – Base do Emitente difere do CNPJ – Base do Certificado Digital
214 Rejeição: Tamanho da mensagem excedeu o limite estabelecido
215 Rejeição: Falha no schema XML
216 Rejeição: Chave de Acesso difere da cadastrada
217 Rejeição: NF-e não consta na base de dados da SEFAZ
218 Rejeição: NF-e já está cancelada na base de dados da SEFAZ
219 Rejeição: Circulação da NF-e verificada
220 Rejeição: NF-e autorizada há mais de 7 dias (168 horas)
221 Rejeição: Confirmado o recebimento da NF-e pelo destinatário
222 Rejeição: Protocolo de Autorização de Uso difere do cadastrado
223 Rejeição: CNPJ do transmissor do lote difere do CNPJ do transmissor da consulta
224 Rejeição: A faixa inicial é maior que a faixa final
225 Rejeição: Falha no Schema XML do lote de NFe
226 Rejeição: Código da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
227 Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
228 Rejeição: Data de Emissão muito atrasada
229 Rejeição: IE do emitente não informada
230 Rejeição: IE do emitente não cadastrada
231 Rejeição: IE do emitente não vinculada ao CNPJ
232 Rejeição: IE do destinatário não informada
233 Rejeição: IE do destinatário não cadastrada
234 Rejeição: IE do destinatário não vinculada ao CNPJ
235 Rejeição: Inscrição SUFRAMA inválida
236 Rejeição: Chave de Acesso com dígito verificador inválido
237 Rejeição: CPF do destinatário inválido
238 Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML superior a Versão vigente
239 Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML não suportada
240 Rejeição: Cancelamento/Inutilização – Irregularidade Fiscal do Emitente
241 Rejeição: Um número da faixa já foi utilizado
242 Rejeição: Cabeçalho – Falha no Schema XML
243 Rejeição: XML Mal Formado
244 Rejeição: CNPJ do Certificado Digital difere do CNPJ da Matriz e do CNPJ do Emitente
245 Rejeição: CNPJ Emitente não cadastrado
246 Rejeição: CNPJ Destinatário não cadastrado
247 Rejeição: Sigla da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
248 Rejeição: UF do Recibo diverge da UF autorizadora
249 Rejeição: UF da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
250 Rejeição: UF diverge da UF autorizadora
251 Rejeição: UF/Município destinatário não pertence a SUFRAMA
252 Rejeição: Ambiente informado diverge do Ambiente de recebimento
253 Rejeição: Digito Verificador da chave de acesso composta inválida
254 Rejeição: NF-e complementar não possui NF referenciada
255 Rejeição: NF-e complementar possui mais de uma NF referenciada
256 Rejeição: Uma NF-e da faixa já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
257 Rejeição: Solicitante não habilitado para emissão da NF-e
258 Rejeição: CNPJ da consulta inválido
259 Rejeição: CNPJ da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
260 Rejeição: IE da consulta inválida
261 Rejeição: IE da consulta não cadastrada como contribuinte na UF
262 Rejeição: UF não fornece consulta por CPF
263 Rejeição: CPF da consulta inválido
264 Rejeição: CPF da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
265 Rejeição: Sigla da UF da consulta difere da UF do Web Service
266 Rejeição: Série utilizada não permitida no Web Service
267 Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e inexistente
268 Rejeição: NF Complementar referencia outra NF-e Complementar
269 Rejeição: CNPJ Emitente da NF Complementar difere do CNPJ da NF Referenciada
270 Rejeição: Código Município do Fato Gerador: dígito inválido
271 Rejeição: Código Município do Fato Gerador: difere da UF do emitente
272 Rejeição: Código Município do Emitente: dígito inválido
273 Rejeição: Código Município do Emitente: difere da UF do emitente
274 Rejeição: Código Município do Destinatário: dígito inválido
275 Rejeição: Código Município do Destinatário: difere da UF do Destinatário
276 Rejeição: Código Município do Local de Retirada: dígito inválido
277 Rejeição: Código Município do Local de Retirada: difere da UF do Local de Retirada
278 Rejeição: Código Município do Local de Entrega: dígito inválido
279 Rejeição: Código Município do Local de Entrega: difere da UF do Local de Entrega
280 Rejeição: Certificado Transmissor inválido
281 Rejeição: Certificado Transmissor Data Validade
282 Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ
283 Rejeição: Certificado Transmissor – erro Cadeia de Certificação
284 Rejeição: Certificado Transmissor revogado
285 Rejeição: Certificado Transmissor difere ICP-Brasil
286 Rejeição: Certificado Transmissor erro no acesso a LCR
287 Rejeição: Código Município do FG – ISSQN: dígito inválido
288 Rejeição: Código Município do FG – Transporte: dígito inválido
289 Rejeição: Código da UF informada diverge da UF solicitada
290 Rejeição: Certificado Assinatura inválido
291 Rejeição: Certificado Assinatura Data Validade
292 Rejeição: Certificado Assinatura sem CNPJ
293 Rejeição: Certificado Assinatura – erro Cadeia de Certificação
294 Rejeição: Certificado Assinatura revogado
295 Rejeição: Certificado Assinatura difere ICP-Brasil
296 Rejeição: Certificado Assinatura erro no acesso a LCR
297 Rejeição: Assinatura difere do calculado
298 Rejeição: Assinatura difere do padrão do Projeto
299 Rejeição: XML da área de cabeçalho com codificação diferente de UTF-8
301 Rejeição: Uso Denegado – Irregularidade fiscal do emitente
302 Rejeição: Irregularidade fiscal do destinatário
303 Rejeição: Uso Denegado – Destinatário não habilitado a operar na UF
304 Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com evento da Suframa
321 Rejeição: NF-e de devolução de mercadoria não possui documento fiscal referenciado
323 Rejeição: CNPJ autorizado para download inválido
324 Rejeição: CNPJ do destinatário já autorizado para download
325 Rejeição: CPF autorizado para download inválido
326 Rejeição: CPF do destinatário já autorizado para download
327 Rejeição: CFOP inválido para NF-e com finalidade de devolução de mercadoria
328 Rejeição: CFOP de devolução de mercadoria para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
329 Rejeição: Número da DI/DSI inválido
330 Rejeição: Informar o Valor da AFRMM na importação por via marítima
331 Rejeição: Informar o CNPJ do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
332 Rejeição: CNPJ do adquirente ou do encomendante da importação inválido
333 Rejeição: Informar a UF do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
334 Rejeição: Número do processo de drawback não informado na importação
335 Rejeição: Número do processo de drawback na importação inválido
336 Rejeição: Informado o grupo de exportação no item para CFOP que não é de exportação
337 Rejeição: Não informado o grupo de exportação no item
338 Rejeição: Número do processo de drawback não informado na exportação
339 Rejeição: Número do processo de drawback na exportação inválido
340 Rejeição: Não informado o grupo de exportação indireta no item
341 Rejeição: Número do registro de exportação inválido
342 Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta com DV inválido
343 Rejeição: Modelo da NF-e informada na Exportação Indireta diferente de 55
344 Rejeição: Duplicidade de NF-e informada na Exportação Indireta (Chave de Acesso informada mais de uma vez)
345 Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta não consta como NF-e referenciada
346 Rejeição: Somatório das quantidades informadas na Exportação Indireta não corresponde a quantidade total do item
347 Rejeição: Descrição do Combustível diverge da descrição adotada pela ANP
348 Rejeição: NFC-e com grupo RECOPI
349 Rejeição: Número RECOPI não informado
350 Rejeição: Número RECOPI inválido
351 Rejeição: Valor do ICMS da Operação no CST=51 difere do produto BC e Alíquota
352 Rejeição: Valor do ICMS Diferido no CST=51 difere do produto Valor ICMS Operação e percentual diferimento
353 Rejeição: Valor do ICMS no CST=51 não corresponde a diferença do ICMS operação e ICMS diferido
354 Rejeição: Informado grupo de devolução de tributos para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
355 Rejeição: Informar o local de saída do País no caso da exportação
356 Rejeição: Informar o local de saída do País somente no caso da exportação
357 Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta inexistente [nRef: xxx]
358 Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta cancelada ou denegada [nRef: xxx]
359 Rejeição: NF-e de venda a Órgão Público sem informar a Nota de Empenho
360 Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inválida para a UF.
361 Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inexistente na UF.
362 Rejeição: Venda de combustível sem informação do Transportador
364 Rejeição: Total do valor da dedução do ISS difere do somatório dos itens
365 Rejeição: Total de outras retenções difere do somatório dos itens
366 Rejeição: Total do desconto incondicionado ISS difere do somatório dos itens
367 Rejeição: Total do desconto condicionado ISS difere do somatório dos itens
368 Rejeição: Total de ISS retido difere do somatório dos itens
369 Rejeição: Não informado o grupo avulsa na emissão pelo Fisco
370 Rejeição: Nota Fiscal Avulsa com tipo de emissão inválido
401 Rejeição: CPF do remetente inválido
402 Rejeição: XML da área de dados com codificação diferente de UTF-8
403 Rejeição: O grupo de informações da NF-e avulsa é de uso exclusivo do Fisco
404 Rejeição: Uso de prefixo de namespace não permitido
405 Rejeição: Código do país do emitente: dígito inválido
406 Rejeição: Código do país do destinatário: dígito inválido
407 Rejeição: O CPF só pode ser informado no campo emitente para a NF-e avulsa
408 Rejeição: Evento não disponível para Autor pessoa física
409 Rejeição: Campo cUF inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
410 Rejeição: UF informada no campo cUF não é atendida pelo Web Service
411 Rejeição: Campo versaoDados inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
417 Rejeição: Total do ICMS superior ao valor limite estabelecido
418 Rejeição: Total do ICMS ST superior ao valor limite estabelecido
420 Rejeição: Cancelamento para NF-e já cancelada
450 Rejeição: Modelo da NF-e diferente de 55
451 Rejeição: Processo de emissão informado inválido
452 Rejeição: Tipo Autorizador do Recibo diverge do Órgão Autorizador
453 Rejeição: Ano de inutilização não pode ser superior ao Ano atual
454 Rejeição: Ano de inutilização não pode ser inferior a 2006
455 Rejeição: Órgão Autor do evento diferente da UF da Chave de Acesso
461 Rejeição: Informado percentual de Gás Natural na mistura para produto diferente de GLP
465 Rejeição: Número de Controle da FCI inexistente
466 Rejeição: Evento com Tipo de Autor incompatível
467 Rejeição: Dados da NF-e divergentes do EPEC
468 Rejeição: NF-e com Tipo Emissão = 4, sem EPEC correspondente
471 Rejeição: Informado NCM=00 indevidamente
476 Rejeição: Código da UF diverge da UF da primeira NF-e do Lote
477 Rejeição: Código do órgão diverge do órgão do primeiro evento do Lote
478 Rejeição: Local da entrega não informado para faturamento direto de veículos novos
484 Rejeição: Chave de Acesso com tipo de emissão diferente de 4 (posição 35 da Chave de Acesso)
485 Rejeição: Duplicidade de numeração do EPEC (Modelo, CNPJ, Série e Número)
489 Rejeição: CNPJ informado inválido (DV ou zeros)
490 Rejeição: CPF informado inválido (DV ou zeros)
491 Rejeição: O tpEvento informado inválido
492 Rejeição: O verEvento informado inválido
493 Rejeição: Evento não atende o Schema XML específico
494 Rejeição: Chave de Acesso inexistente
501 Rejeição: Pedido de Cancelamento intempestivo (NF-e autorizada a mais de 7 dias)
502 Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id não corresponde à concatenação dos campos correspondentes
503 Rejeição: Série utilizada fora da faixa permitida no SCAN (900-999)
504 Rejeição: Data de Entrada/Saída posterior ao permitido
505 Rejeição: Data de Entrada/Saída anterior ao permitido
506 Rejeição: Data de Saída menor que a Data de Emissão
507 Rejeição: O CNPJ do destinatário/remetente não deve ser informado em operação com o exterior
508 Rejeição: O CNPJ com conteúdo nulo só é válido em operação com exterior
509 Rejeição: Informado código de município diferente de “9999999” para operação com o exterior
510 Rejeição: Operação com Exterior e Código País destinatário é 1058 (Brasil) ou não informado
511 Rejeição: Não é de Operação com Exterior e Código País destinatário difere de 1058 (Brasil)
512 Rejeição: CNPJ do Local de Retirada inválido
513 Rejeição: Código Município do Local de Retirada deve ser 9999999 para UF retirada = EX
514 Rejeição: CNPJ do Local de Entrega inválido
515 Rejeição: Código Município do Local de Entrega deve ser 9999999 para UF entrega = EX
516 Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para a mensagem
517 Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versão na tag raiz da mensagem
518 Rejeição: CFOP de entrada para NF-e de saída
519 Rejeição: CFOP de saída para NF-e de entrada
520 Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e UF destinatário difere de EX
521 Rejeição: CFOP não é de Operação com Exterior e UF destinatário é EX
522 Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF emitente difere UF destinatário
523 Rejeição: CFOP não é de Operação Estadual e UF emitente igual a UF destinatário
524 Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e não informado NCM
525 Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados da DI
526 Rejeição: CFOP de Exportação e não informado Local de Embarque
527 Rejeição: Operação de Exportação com informação de ICMS incompatível
528 Rejeição: Valor do ICMS difere do produto BC e Alíquota
529 Rejeição: NCM de informação obrigatória para produto tributado pelo IPI
530 Rejeição: Operação com tributação de ISSQN sem informar a Inscrição Municipal
531 Rejeição: Total da BC ICMS difere do somatório dos itens
532 Rejeição: Total do ICMS difere do somatório dos itens
533 Rejeição: Total da BC ICMS-ST difere do somatório dos itens
534 Rejeição: Total do ICMS-ST difere do somatório dos itens
535 Rejeição: Total do Frete difere do somatório dos itens
536 Rejeição: Total do Seguro difere do somatório dos itens
537 Rejeição: Total do Desconto difere do somatório dos itens
538 Rejeição: Total do IPI difere do somatório dos itens
539 Rejeição: Duplicidade de NF-e, com diferença na Chave de Acesso [99999999999999999999999999999999999999999].
540 Rejeição: CPF do Local de Retirada inválido
541 Rejeição: CPF do Local de Entrega inválido
542 Rejeição: CNPJ do Transportador inválido
543 Rejeição: CPF do Transportador inválido
544 Rejeição: IE do Transportador inválida
545 Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão da mensagem
546 Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
547 Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso da NF-e Referenciada inválido
548 Rejeição: CNPJ da NF referenciada inválido
549 Rejeição: CNPJ da NF referenciada de produtor inválido
550 Rejeição: CPF da NF referenciada de produtor inválido
551 Rejeição: IE da NF referenciada de produtor inválido
552 Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso do CT-e Referenciado inválido
553 Rejeição: Tipo autorizador do recibo diverge do Órgão Autorizador
554 Rejeição: Série difere da faixa 0-899
555 Rejeição: Tipo autorizador do protocolo diverge do Órgão Autorizador.
556 Rejeição: Justificativa de entrada em contingência não deve ser informada para tipo de emissão normal.
557 Rejeição: A Justificativa de entrada em contingência deve ser informada.
558 Rejeição: Data de entrada em contingência posterior a data de emissão
559 Rejeição: UF do Transportador não informada
560 Rejeição: CNPJ base do emitente difere do CNPJ base da primeira NF-e do lote recebido
561 Rejeição: Mês de Emissão informado na Chave de Acesso difere do Mês de Emissão da NF-e
562 Rejeição: Código Numérico informado na Chave de Acesso difere do Código Numérico da NF-e
563 Rejeição: Já existe pedido de Inutilização com a mesma faixa de inutilização
564 Rejeição: Total do Produto / Serviço difere do somatório dos itens
565 Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para o lote de NF-e
567 Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versão Dados do SOAPHeader diverge da versão do lote de NF-e
568 Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versão na tag raiz do lote de NF-e
569 Rejeição: Data de entrada em contingência muito atrasada
570 Rejeição: Tipo de Emissão 3, 6 ou 7 só é válido nas contingências SCAN/SVC
571 Rejeição: O tpEmis informado diferente de 3 para contingência SCAN
572 Rejeição: Erro Atributo ID do evento não corresponde a concatenação dos campos (“ID” + tpEvento + chNFe + nSeqEvento)
573 Rejeição: Duplicidade de Evento
574 Rejeição: O autor do evento diverge do emissor da NF-e
575 Rejeição: O autor do evento diverge do destinatário da NF-e
576 Rejeição: O autor do evento não é um órgão autorizado a gerar o evento
577 Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de emissão da NF-e
578 Rejeição: A data do evento não pode ser maior que a data do processamento
579 Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para NF-e não emitida em contingência
580 Rejeição: O evento exige uma NF-e autorizada
587 Rejeição: Usar somente o namespace padrão da NF-e
588 Rejeição: Não é permitida a presença de caracteres de edição no início/fim da mensagem ou entre as tags da mensagem
589 Rejeição: Número do NSU informado superior ao maior NSU da base de dados da SEFAZ
590 Rejeição: Informado CST para emissor do Simples Nacional (CRT=1)
591 Rejeição: Informado CSOSN para emissor que não é do Simples Nacional (CRT diferente de 1)
592 Rejeição: A NF-e deve ter pelo menos um item de produto sujeito ao ICMS
593 Rejeição: CNPJ-Base consultado difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
594 Rejeição: O número de sequência do evento informado é maior que o permitido
595 Rejeição: Obrigatória a informação da justificativa do evento
596 Rejeição: Evento apresentado fora do prazo: [prazo vigente]
597 Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de IPI
598 Rejeição: NF-e emitida em ambiente de homologação com Razão Social do destinatário diferente de NF-E EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
599 Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de II
601 Rejeição: Total do II difere do somatório dos itens
602 Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
603 Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
604 Rejeição: Total do vOutro difere do somatório dos itens
605 Rejeição: Total do vISS difere do somatório do vProd dos itens sujeitos ao ISSQN
606 Rejeição: Total do vBC do ISS difere do somatório dos itens
607 Rejeição: Total do ISS difere do somatório dos itens
608 Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
609 Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
610 Rejeição: Total da NF difere do somatório dos Valores compõe o valor Total da NF
611 Rejeição: cEAN inválido
612 Rejeição: cEANTrib inválido
613 Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
614 Rejeição: Chave de Acesso inválida (Código UF inválido)
615 Rejeição: Chave de Acesso inválida (Ano menor que 06 ou Ano maior que Ano corrente)
616 Rejeição: Chave de Acesso inválida (Mês menor que 1 ou Mês maior que 12)
617 Rejeição: Chave de Acesso inválida (CNPJ zerado ou dígito inválido)
618 Rejeição: Chave de Acesso inválida (modelo diferente de 55 e 65)
619 Rejeição: Chave de Acesso inválida (número NF = 0)
620 Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
621 Rejeição: CPF Emitente não cadastrado
622 Rejeição: IE emitente não vinculada ao CPF
623 Rejeição: CPF Destinatário não cadastrado
624 Rejeição: IE Destinatário não vinculada ao CPF
625 Rejeição: Inscrição SUFRAMA deve ser informada na venda com isenção para ZFM
626 Rejeição: CFOP de operação isenta para ZFM diferente do previsto
627 Rejeição: O valor do ICMS desonerado deve ser informado
628 Rejeição: Total da NF superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ [Limite]
629 Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Comercialização e Quantidade Comercial
630 Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Tributação e Quantidade Tributável
631 Rejeição: CNPJ-Base do Destinatário difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
632 Rejeição: Solicitação fora de prazo, a NF-e não está mais disponível para download
633 Rejeição: NF-e indisponível para download devido a ausência de Manifestação do Destinatário
634 Rejeição: Destinatário da NF-e não tem o mesmo CNPJ raiz do solicitante do download
635 Rejeição: NF-e com mesmo número e série já transmitida e aguardando processamento
650 Rejeição: Evento de “Ciência da Emissão” para NF-e Cancelada ou Denegada
651 Rejeição: Evento de “Desconhecimento da Operação” para NF-e Cancelada ou Denegada
653 Rejeição: NF-e Cancelada, arquivo indisponível para download
654 Rejeição: NF-e Denegada, arquivo indisponível para download
655 Rejeição: Evento de Ciência da Emissão informado após a manifestação final do destinatário
656 Rejeição: Consumo Indevido
657 Rejeição: Código do Órgão diverge do órgão autorizador
658 Rejeição: UF do destinatário da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
660 Rejeição: CFOP de Combustível e não informado grupo de combustível da NF-e
661 Rejeição: NF-e já existente para o número do EPEC informado
662 Rejeição: Numeração do EPEC está inutilizada na Base de Dados da SEFAZ
663 Rejeição: Alíquota do ICMS com valor superior a 4 por cento na operação de saída interestadual com produtos importados
678 Rejeição: NF referenciada com UF diferente da NF-e complementar
679 Rejeição: Modelo da NF-e referenciada diferente de 55
680 Rejeição: Duplicidade de NF-e referenciada (Chave de Acesso referenciada mais de uma vez)
681 Rejeição: Duplicidade de NF Modelo 1 referenciada (CNPJ, Modelo, Série e Número)
682 Rejeição: Duplicidade de NF de Produtor referenciada (IE, Modelo, Série e Número)
683 Rejeição: Modelo do CT-e referenciado diferente de 57
684 Rejeição: Duplicidade de Cupom Fiscal referenciado (Modelo, Número de Ordem e COO)
685 Rejeição: Total do Valor Aproximado dos Tributos difere do somatório dos itens
686 Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e cancelada
687 Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e denegada
688 Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE inexistente [nRef: xxx]
689 Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE não vinculada ao CNPJ/CPF informado [nRef: xxx]
690 Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com CT-e
691 Rejeição: Chave de Acesso da NF-e diverge da Chave de Acesso do EPEC
700 Rejeição: Mensagem de Lote versão 3.xx. Enviar para o Web Service nfeAutorizacao
701 Rejeição: NF-e não pode utilizar a versão 3.00
702 Rejeição: NFC-e não é aceita pela UF do Emitente
703 Rejeição: Data-Hora de Emissão posterior ao horário de recebimento
704 Rejeição: NFC-e com Data-Hora de emissão atrasada
705 Rejeição: NFC-e com data de entrada/saída
706 Rejeição: NFC-e para operação de entrada
707 Rejeição: NFC-e para operação interestadual ou com o exterior
708 Rejeição: NFC-e não pode referenciar documento fiscal
709 Rejeição: NFC-e com formato de DANFE inválido
710 Rejeição: NF-e com formato de DANFE inválido
711 Rejeição: NF-e com contingência off-line
712 Rejeição: NFC-e com contingência off-line para a UF
713 Rejeição: Tipo de Emissão diferente de 6 ou 7 para contingência da SVC acessada
714 Rejeição: NFC-e com contingência DPEC inexistente
715 Rejeição: NFC-e com finalidade inválida
716 Rejeição: NFC-e em operação não destinada a consumidor final
717 Rejeição: NFC-e em operação não presencial
718 Rejeição: NFC-e não deve informar IE de Substituto Tributário
719 Rejeição: NF-e sem a identificação do destinatário
720 Rejeição: Na operação com Exterior deve ser informada tag idEstrangeiro
721 Rejeição: Operação interestadual deve informar CNPJ ou CPF
723 Rejeição: Operação interna com idEstrangeiro informado deve ser para consumidor final
724 Rejeição: NF-e sem o nome do destinatário
725 Rejeição: NFC-e com CFOP inválido
726 Rejeição: NF-e sem a informação de endereço do destinatário
727 Rejeição: Operação com Exterior e UF diferente de EX
728 Rejeição: NF-e sem informação da IE do destinatário
729 Rejeição: NFC-e com informação da IE do destinatário
730 Rejeição: NFC-e com Inscrição Suframa
731 Rejeição: CFOP de operação com Exterior e idDest 3
732 Rejeição: CFOP de operação interestadual e idDest 2
733 Rejeição: CFOP de operação interna e idDest 1
734 Rejeição: NFC-e com Unidade de Comercialização inválida
735 Rejeição: NFC-e com Unidade de Tributação inválida
736 Rejeição: NFC-e com grupo de Veículos novos
737 Rejeição: NFC-e com grupo de Medicamentos
738 Rejeição: NFC-e com grupo de Armamentos
739 Rejeição: NFC-e com grupo de Combustível
740 Rejeição: NFC-e com CST 51-Diferimento
741 Rejeição: NFC-e com Partilha de ICMS entre UF
742 Rejeição: NFC-e com grupo do IPI
743 Rejeição: NFC-e com grupo do II
745 Rejeição: NF-e sem grupo do PIS
746 Rejeição: NFC-e com grupo do PIS-ST
748 Rejeição: NF-e sem grupo da COFINS
749 Rejeição: NFC-e com grupo da COFINS-ST
750 Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Código) [Limite]
751 Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Nome) [Limite]
752 Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Endereço) [Limite]
753 Rejeição: NFC-e com Frete
754 Rejeição: NFC-e com dados do Transportador
755 Rejeição: NFC-e com dados de Retenção do ICMS no Transporte
756 Rejeição: NFC-e com dados do veículo de Transporte
757 Rejeição: NFC-e com dados de Reboque do veículo de Transporte
758 Rejeição: NFC-e com dados do Vagão de Transporte
759 Rejeição: NFC-e com dados da Balsa de Transporte
760 Rejeição: NFC-e com dados de cobrança (Fatura, Duplicata)
762 Rejeição: NFC-e com dados de compras (Empenho, Pedido, Contrato)
763 Rejeição: NFC-e com dados de aquisição de Cana
764 Rejeição: Solicitada resposta síncrona para Lote com mais de uma NF-e (indSinc=1)
765 Rejeição: Lote só poderá conter NF-e ou NFC-e
766 Rejeição: NFC-e com CST 50-Suspensão
767 Rejeição: NFC-e com somatório dos pagamentos diferente do total da Nota Fiscal
768 Rejeição: NF-e não deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
769 Rejeição: A critério da UF NFC-e deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
770 Rejeição: NFC-e autorizada há mais de 24 horas
771 Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino com EX
772 Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino igual à UF do emitente
773 Rejeição: Operação Interna e UF de destino difere da UF do emitente
774 Rejeição: NFC-e com indicador de item não participante do total
775 Rejeição: Modelo da NFC-e diferente de 65
776 Rejeição: Solicitada resposta síncrona para UF que não disponibiliza este atendimento (indSinc=1)
777 Rejeição: Obrigatória a informação do NCM completo
778 Rejeição: Informado NCM inexistente
779 Rejeição: NFC-e com NCM incompatível
780 Rejeição: Total da NFC-e superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ [Limite]
781 Rejeição: Emissor não habilitado para emissão da NFC-e
782 Rejeição: NFC-e não é autorizada pelo SCAN
783 Rejeição: NFC-e não é autorizada pela SVC
784 Rejeição: NFC-e não permite o evento de Carta de Correção
785 Rejeição: NFC-e com entrega a domicílio não permitida pela UF
786 Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem dados do Transportador
787 Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem a identificação do destinatário
788 Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem o endereço do destinatário
789 Rejeição: NFC-e para destinatário contribuinte de ICMS
790 Rejeição: Operação com Exterior para destinatário Contribuinte de ICMS
791 Rejeição: NF-e com indicação de destinatário isento de IE, com a informação da IE do destinatário
792 Rejeição: Informada a IE do destinatário para operação com destinatário no Exterior
793 Rejeição: Informado Capítulo do NCM inexistente
794 Rejeição: NF-e com indicativo de NFC-e com entrega a domicílio
795 Rejeição: Total do ICMS desonerado difere do somatório dos itens
796 Rejeição: Empresa sem Chave de Segurança para o QR-Code
801 Rejeição: A SEFAZ não retornou um status válido para o documento: Falha na comunicação: The remote server returned an error: (500) Internal Server Error
CÓDIGO MOTIVOS DE DENEGAÇÃO DE USO
301 Uso Denegado: Irregularidade fiscal do emitente
302 Irregularidade Fiscal do Destinatário
999 Rejeição: Erro não catalogado (informar a mensagem de erro capturado no tratamento da exceção)
110 Uso Denegado
por karinebaiotto Postado em NF-e Com a tag

Vinculando o certificado digital

Última atualização em: 10 de julho, 2017

Se no momento de cadastrar uma empresa você não informou o seu certificado digital não se preocupe, pois é possível atribuir um certificado digital para uma empresa após cadastrar a mesma. Para isso é necessário acessar a Plataforma InvoiCy e selecionar a empresa que deseja incluir o certificado digital.

Após selecionada a empresa, o primeiro passo é acessar o ‘Painel de Controle’, e no grupo ‘Empresa’ a opção ‘Certificados’, como demonstra a imagem a seguir.

 

Ao cadastrar o certificado existem 3 opções:

– Cadastrar novo certificado: esta será a opção padrão, onde o usuário poderá informar normalmente o seu certificado digital. A imagem abaixo demonstra a utilização dessa opção, selecionando a opção “Adicionar”.

 

Para cadastrar um novo certificado é necessário definir o tipo do certificado, A1 ou A3, informar o apelido da empresa, a senha do certificado digital, definir se esse será o certificado padrão da empresa e carregar o certificado .PFX através da opção ‘Escolher arquivo’, como demonstra a imagem a seguir.

No caso de cadastrar um certificado A3 não é necessário carregar o arquivo .PFX e informar uma senha, basta apenas informar o apelido da empresa. Destacando que a emissão com certificado A3 está habilitada apenas para empresas que integram via InvoiCy Conector.

 

Após salvar os dados do certificado, o mesmo irá aparecer na tela de certificados da empresa selecionada.

– Usar certificado da matriz: esta opção estará disponível apenas quando for cadastrada uma filial, e a matriz possuir um certificado digital cadastrado. Ao marcar essa opção os campos ficarão desabilitados e serão preenchidos automaticamente, conforme demonstra a imagem a seguir.

 

– Usar certificado já cadastrado: por fim, esta opção será habilitada apenas quando o parceiro possuir certificados cadastrados no painel de certificados do parceiro para a mesma raiz de CNPJ da empresa que está sendo cadastrada. Quando selecionada esta opção serão listados os certificados cadastrados para a mesma raiz de CNPJ, juntamente com seu apelido e data de vencimento. Os demais campos do cadastro estarão desabilitados.

 

Verificando a chave de acesso da empresa

Última atualização em: 12 de abril, 2017

 

A chave de acesso da empresa será utilizada para criar o código Hash no formato MD5. Esta chave é gerada ao finalizar o cadastro da empresa, desta forma para ter a chave basta acessar o Painel de Controle do InvoiCy, e no grupo ‘Empresa’ a opção ‘Dados da empresa’. Observe os passos indicados abaixo:

1º Acesse a tela Inicial da Plataforma InvoiCy.

2º Selecione a empresa que deseja verificar a chave de acesso, através do combobox de empresas localizado na parte superior direita da tela.

3º No Menu lateral esquerdo, clique na opção ‘Painel de Controle’.

4º Então no grupo ‘Empresa’ clique na opção ‘Dados da empresa’, como demonstra a imagem a seguir.

Na tela dos dados da empresa, a chave de acesso será apresentada conforme imagem abaixo, permitindo a cópia da mesma:

chave_de_acesso

Cadastrando um usuário

Última atualização em: 11 de julho, 2017

Olá! Neste artigo iremos descrever os passos necessários para cadastrar um novo usuário para uma empresa no InvoiCy.

Ao acessar a Plataforma InvoiCy deve-se escolher na combobox de empresas, localizado na parte superior direita da aplicação, para qual empresa deseja incluir o novo usuário. Após selecionar a empresa, no menu lateral esquerdo clicar em Painel de Controle.

Estando no Painel de Controle, no grupo Empresas clicar na opção ‘Usuários’, como demonstra a imagem a seguir.

Ao acessar a tela de usuários da empresa, serão listados todos os usuários cadastrados para a respectiva empresa, com as opções de excluir, editar, vincular o usuário à mais empresas ou visualizar seus logs.

Se desejar cadastrar um novo usuário basta clicar na opção ‘Novo usuário’, como demonstra a imagem abaixo, e clicar em continuar.

Na tela de cadastro do novo usuário, deve-se preencher os campos da parte superior informando o Nome, E-mail, Senha e Status do usuário cadastrado.

Após deve-se definir as permissões do usuário, ou seja, as ações que ele poderá executar no sistema. Para isso, é possível vincular o usuário a um grupo de permissões, ou configurar separadamente os seus acessos.

Ao lado esquerdo das permissões são listados os grupos de permissões pertencentes a empresa, onde ao clicar sobre um grupo, suas permissões serão habilitadas e destacadas com uma cor ao lado, para melhor identificação do usuário. Ao clicar novamente sobre o grupo selecionado as opções serão desabilitadas.

Para configurar as permissões do módulo NFC-e referente a correção de documentos rejeitados em contingência, basta clicar sobre o link ‘Correção de NFC-e rejeitadas em contingência’. Destacando que esta funcionalidade não está disponível no ambiente Cloud.

Ao clicar nesse link será aberta uma janela popup com as permissões disponíveis para configuração. Ao passar o mouse sobre as cores é possível identificar qual grupo cada cor está representando.

Existem também as permissões para ‘Notificações’, onde é possível gerenciar os tipos de e-mails e notificações gerados pelo InvoiCy que o usuário irá receber.

Notificações

Ao finalizar as configurações das permissões basta clicar em Salvar, no final da tela, e o cadastro do usuário será efetuado.

Após cadastrar o usuário é possível vincular o mesmo a outras empresas já cadastradas, através da tela de usuários da empresa, opção ‘Empresas do usuário’ localizada na grid, conforme apresentado abaixo.

Ao clicar nessa opção o usuário será direcionado para a nova tela de usuários do parceiro, onde deverá editar o usuário desejado e vincular as suas empresas. A imagem abaixo demonstra essa tela.

Ao editar o usuário, será possível visualizar quais empresas estão vinculadas a ele, e ao clicar na opção ‘Vincular empresas’, será aberta uma tela com todas as empresas do parceiro para seleção.

É importante destacar que será atribuído apenas o usuário para as empresas selecionadas, sem as permissões configuradas, nesse caso será necessário atribuir as permissões novamente.

Outro ponto importante é que o InvoiCy também permite cadastrar um mesmo usuário para múltiplas empresas simultaneamente, agilizando assim o cadastro de usuários para grandes redes de empresas. Para mais informações sobre essa funcionalidade leia o artigo Cadastro de usuários multiempresa.

Além de poder cadastrar um novo usuário é possível:

– Usar usuários da matriz: essa opção estará disponível apenas quando for cadastrada uma filial, e a matriz possuir usuários cadastrados. Ao marcar essa opção todos usuários da empresa matriz serão copiados automaticamente para esta nova empresa filial.

– Usar usuários do grupo de empresa: essa opção estará disponível apenas quando a empresa pertencer a um grupo de empresas. Ao selecionar essa opção serão copiados os usuários de todas as empresas que também estiverem vinculadas ao mesmo grupo de empresas.

– Usar usuários já cadastrados: Ao marcar a opção de “Usar usuários já cadastrados” será apresentado a opção de “Selecionar usuários do parceiro”, ao utilizar essa opção uma lista com os usuários já cadastrados na aplicação é exibida, permitindo assim vincular usuários já cadastrados para a nova empresa a ser cadastrada.

Personalização das permissões de acesso do usuário para a empresa

Ao cadastrar um usuário pela nova tela de usuários do parceiro, e fazer o vínculo com as empresas, automaticamente o mesmo será apresentado na tela de usuários da empresa para a qual foi vinculado. Sendo assim, sempre que o usuário sofrer alguma alteração através da tela de usuários do parceiro, esta será replicada para o usuário de cada empresa em específico.

Agora, suponhamos que você tenha o usuário contador cadastrado para todas as suas empresas, mas para a empresa Matriz você deseja liberar mais algumas permissões para ele, então você acessa a tela de usuários da empresa Matriz e altera o usuário contador, configurando as permissões desejadas.

A partir desse momento o usuário contador passa a ser um usuário personalizado para a empresa Matriz, então todas as alterações realizadas nesse usuário, a partir da tela de usuários do parceiro, não serão impactadas para o usuário contador na empresa Matriz, apenas para as demais empresas.

Entity Number

Última atualização em: 07 de janeiro, 2015

Olá, como mencionado em outros artigos disponível no Portal, o XML de sua NFS-e precisa ser convertido para texto, sendo assim abaixo possuímos a forma como você pode fazer a conversão e poder utilizar determinados caracteres. Veja abaixo:

      Reserved Characters in HTML

tabela_1
      ISO 8859-1 Symbols


      ISO 8859-1 Characters


      Math Symbols Supported by HTML


      Greek Letters Supported by HTML

Fonte: http://www.w3schools.com/charsets/ref_html_entities_4.asp

Exemplo de decodificação de base 64 para arquivo

Última atualização em: 31 de março, 2016

Base64 é um método de codificação para transferência de arquivos. O InvoiCy faz uso desse método para retornar os arquivos XML e PDF via Web Service, no momento do envio, cancelamento, consulta, e demais requisições.

Você emissor ainda tem a possibilidade de escolher qual forma de retorno deseja receber, sendo que tanto para o arquivo XML como para PDF as opções são as seguintes: Base64, Link para download, Base64 e Link ou não retornar.

Ao escolher a opção ‘Link para download’ será retornado um link para efetuar o download do arquivo (XML e PDF), onde ao clicar no link será possível baixar e salvar os arquivos fisicamente para a sua máquina. Destacando que será permitido o download dos arquivos apenas se o documento já tenha sido persistido para a base de dados do InvoiCy.

Já ao optar pelo retorno em Base64, não será necessário efetuar download de nenhum arquivo. O próprio retorno do Web Service já irá conter o arquivo XML e PDF codificado para Base64, onde você emissor poderá copiar o conteúdo desse texto e decodificá-lo para gerar os arquivos PDF e XML. O retorno em Base64 não depende do processo de persistência do InvoiCy, onde mesmo sem estar persistido o documento será possível decodificar e visualizar o conteúdo do Base64 retornado.

Este é um exemplo de implementação em linguagem C# de decodificação de base64 para arquivo.

exemplo_decodificacao_base_64Exemplo de decodificação de base64 para arquivo

Padrão Elotech

Última atualização em: 21 de março, 2017

 

O padrão TributosWeb – Elotech possui algumas características diferentes dos demais e que diferem do padrão ABRASF.

1. Item da Lista de Serviços

O Item da Lista de Serviços segue outro modelo chamado NBS – Nomenclatura Brasileira de Serviços. Os mesmos podem ser encontrados neste link. É importante remover todos os pontos, um exemplo válido de item da lista de serviços é “702000”.

2. Item Tributável

É obrigatório informar se o item da lista de serviços é tributável ou não. Caso essa informação seja omitida, a prefeitura irá retornar um erro de Schema XML dizendo que a tag tributável deve ser preenchida.

3. Cálculo do ISS

A prefeitura é a responsável pelo cálculo do ISS. Não é necessário informar o valor do ISS. Outro detalhe é que a prefeitura também possui a alíquota correta do ISS, caso você mande 2% e a prefeitura souber que é 3%, essa informação será trocada pela prefeitura.

4. Cancelamento e substituição de RPS

A prefeitura não suporta a substituição de RPS, e não é possível cancelar uma NFSe sem tomador via sistema. Já as notas com tomador podem ser canceladas normalmente.

5. Dados de Autenticação

Para possibilitar a emissão de NFS-e via Webservice, será necessário informar dados de login do sistema de emissão da prefeitura, nos campos “Usuário Autent.” e “Senha Autent.” no cadastro da empresa, uma vez que a autenticação para este padrão não é feita através de um Certificado Digital.

No campo “Usuário Autent.” deverá informar o CPF do responsável da empresa (mesmo CPF utilizado para acessar o Sistema Web da Prefeitura).

Já no campo “Senha Autent.”, deverá ser inserida uma senha obtida no Sistema Online da Prefeitura. Para obter a senha, acesse o Sistema da Prefeitura, e no menu Acesso Restrito > Informações da Empresa, clique em “Gerar Senha WS”, conforme imagem abaixo.

Validação de Arquivos XML

Última atualização em: 10 de julho, 2014

Para realizar a validação de um arquivo XML precisaremos dos seguintes itens:

  • O arquivo XML a ser validado;
  • O Schema XSD que descreve como o arquivo XML deve estar estruturado;
  • Notepad++ com o plugin XML Tools ou outra ferramenta como o XML SPY.

Os arquivos XSD podem ser obtidos no artigo de cada serviço.
Neste artigo estaremos demonstrando como executar a validação utilizando o Notepad++. Caso o seu Notepad++ não possua o plugin XML Tools, basta ir ao menu Plugins > Show Plugin Manager > Selecione XML Tools e clique em Install.

      1. Validando o XML
Para validar o XML, é necessário ir até a opção Plugins > XML Tools > Validate Now. Você pode também usar o atalho Ctrl+Alt+Shift+M .

validacao_xml_notepad

Ao clicar em Validate Now irá aparecer a seguinte janela:

validacao_xml_notepad2

Selecione o arquivo XSD correspondente ao XML que você quer validar e clique em OK. Caso ocorra algum erro de validação, a seguinte janela irá aparecer:

validacao_xml_notepad3

Corrija as informações e repita o processo até aparecer a seguinte janela:

validacao_xml_notepad4

Integração com Padrões que utilizam arquivos

Última atualização em: 05 de julho, 2017

 

Alguns padrões adotados pelas prefeituras utilizam arquivos para a integração, e o fluxo de emissão fica um pouco diferente dos demais que utilizam a integração via Web Service. A seguir é detalhado um passo-a-posso desse fluxo:

     1. Enviando o RPS para o módulo NFS-e
A primeira etapa é enviar o XML para o módulo NFS-e. Este XML conterá os dados da NFS-e, da mesma forma como os outros padrões que se comunicam via web service. Não há diferenças na primeira etapa, basta enviar o XML para o web service de Recepção do RPS. A imagem abaixo mostra um exemplo do XML de Envio.

     2. Adquirindo o arquivo com o Lote de RPS da Prefeitura
Nos padrões que utilizam arquivo como integração será retornado conteúdo nas duas tags: <Arquivo> e <ExtensaoArquivo>. A tag “Arquivo” conterá o arquivo em Base64 que deverá ser decodificado e transformado em um arquivo e a tag “ExtensaoArquivo” conterá a extensão do arquivo. Para informações de como decodificar o conteúdo da tag em arquivo ver o artigo Exemplo de decodificação de base64 para arquivo.

     3. Enviando o arquivo para a prefeitura
Para enviar o arquivo para a prefeitura é necessário acessar o Portal da NFSE da mesma. Dentro do portal haverá uma opção para importar o arquivo. A localização desta opção muda de padrão para padrão, por exemplo, no SigCORP TXT a opção está em NFS-e e depois Enviar Arquivo (Lote), conforme imagem abaixo:

img_sistema_integracao
Após o upload, a prefeitura irá validar, importar os RPSs e transforma-los em NFS-e.

     4. Obtendo o retorno da Prefeitura
Para completar o fluxo com o módulo NFS-e e efetivar o RPS (ou cancelar, caso a prefeitura tenha essa opção), é necessário obter o arquivo de retorno da prefeitura, que conterá as NFS-e. Como exemplo, no SIGCorp TXT, basta ir em Movimento, selecionar o período, ir em Serviços Prestados / Ferramentas NF-e e clicar em Exportar Notas Emitidas, conforme imagem abaixo:

img_sistema_integracao_ii

     5. Enviando o retorno da prefeitura para o InvoiCy NFS-e

Para enviar o arquivo com as NFS-e para o InvoiCy, utiliza-se o mesmo web service para o Envio do RPS. A diferença nesse caso é que o XML deve conter apenas o Cabeçalho e as tags <Arquivo>,<ExtensaoArquivo>,<CNPJ_Prest> e <tpAmb>. A tag <Arquivo> preenchida com o arquivo da prefeitura codificado em Base64, a tag <ExtensaoArquivo> com a extensão do arquivo, <CNPJ_Prest> com o CNPJ da Empresa e a tag <tpAmb> com o Tipo de Ambiante: 1-Produção e 2-Homologação. O InvoiCy irá realizar o processamento necessário para o padrão e retornar o status do mesmo.

Veja um exemplo de upload.

Notas Rejeitadas

Os padrões com arquivo não costumam ter notas rejeitadas. Isso se dá pelo fato de que a validação ocorre na prefeitura, o InvoiCy apenas gera o arquivo a ser enviado para a prefeitura. Caso o RPS seja rejeitado na prefeitura, ele normalmente não é importado (pode variar de padrão para padrão), e o retorno da prefeitura não irá contemplar aquelas notas que foram rejeitadas pela prefeitura. Caso algum RPS no arquivo esteja inválido, pode-se corrigir o RPS e repetir os passos 1 a 3.

Cancelamento de notas fiscais
O cancelamento no InvoiCy NFS-e, se dá de 2 formas:

1. Quando uma nota é cancelada na prefeitura, deve-se repetir o procedimento n° 4, pois no retorno da prefeitura conterá o status da nota (cancelada ou efetivada).

2. Através do web service de Cancelamento, no qual a nota será marcada como cancelada apenas no InvoiCy.

Artigos Relacionados:

Gerar um XML de Envio passo-a-passo

Última atualização em: 25 de setembro, 2015

Segurança dos Web Services

O InvoiCy trabalha com um sistema de segurança em cada web service, trata-se de uma chave de segurança de 128 bits.

Cada nova empresa cadastrada no sistema recebe uma chave de acesso que, no momento de envio de algum XML será concatenada com o conteúdo do XML e criptografada em MD5, gerando a CK (chave de comunicação) que será enviada dentro da tag “<Inv:EmpCK>”.

Cada cliente do InvoiCy recebe uma PK (chave de parceiro) que deve ser enviada em todos os XML dentro da tag “<Inv:EmpPK>” , essa chave é a mesma usada para solicitar licenças e fará parte do processo de segurança do InvoiCy.

Exemplo do cabeçalho de um XML contendo a chave de comunicação e a chave de parceiro.

 

Cabeçalho com CK e PK

Para gerar a CK concatena-se a chave de acesso com o XML linearizado (remover quebras de linhas e espaços entre as tags). Nesse processo o cabeçalho do XML não é usado, apenas o conteúdo após a tag “<inv:Documento>”. Segue o exemplo para cada web service:

  • Recepção RPS é chave de acesso + < Envio>… </ Envio> (sempre com todo o conteúdo da tag)
  • Consulta, Cancelamento e Download Espelho RPS é chave de acesso + <Documento>…</Documento>

Após calcular o hash MD5 dessa string e o resultado será a CK. Em caso de dúvidas, veja  o exemplo prático abaixo.

Gerar um XML passo-a-passo

De uma forma simplificada, a empresa precisa seguir os passos abaixo para criar um XML válido:

1. Gerar o XML a ser comunicado (sem o cabeçalho);

2. Linearizar o XML (remover quebras de linhas e espaços entre as tags);

3. Gerar a CK;

4. Todo esse XML deve ser convertido para texto, substituindo os caracteres “<”, “>” e “ “ ” (aspas) por “&lt;”, “&gt;” e “&quot;” respectivamente, de acordo com a tabela da W3C: http://www.w3schools.com/html/html_entities.asp. Nos casos em que for usada uma ferramenta RAD para consumo do Web Service através de componente nativo, por exemplo Visual Studio utilizando Web Reference, a conversão do XML para texto irá ocorrer de forma automática.

5. Substituir os caracteres especiais/símbolos pela Entity number correspondente, por exemplo: “ç = Ç”, “Ç = ç”. Para mais informações consultar o artigo Entity number.

6. Incluir esse XML dentro da tag “inv:Documento” do SOAP.

Exemplo prático

Para facilitar o entendimento, segue um exemplo prático da criação de um XML:

1. Chave de acesso: R8CC40EC614E64108965517G90GDEYB6

2. XML de Recepção linearizado:

 

3. Chave de acesso e XML concatenado para geração da CK:

 

4. CK (Hash MD5) gerado sobre a string concatenada no passo 3: 193f2eb31f12098f98b330ef193e18c0

5. XML convertido para texto:

 

6. XML com os caracteres especiais/símbolos substituídos pela Entity number:

 

Observe a substituição destacada em vermelho na imagem e abaixo:

7. XML inserido no pacote SOAP e pronto para envio ao InvoiCy:

 

Observe que a CK gerada foi incluída na tag <Inv:EmpCK>.

Envio de mais de uma NFS-e.

O InvoiCy permite o envio de mais de um documento  via Web Service, podendo realizar, por exemplo,  a consulta, cancelamento  e envio de um documento, todos esses documentos em um único Envio. Conforme imagem abaixo, a tag que deve ser repetida é <inv:DadosItem>.

Para enviar mais de um documento a geração da chave de comunicação (tag <inv:EmpCK>) é obtida usando a chave de acesso (tag  <inv:EmpPK>) e apenas o primeiro documento que será enviado.