Como solicitar um novo município e qual o prazo para integração

Última atualização em: 05 de maio, 2016

 

Uma dúvida frequente sobre as integrações do InvoiCy NFS-e, é como solicitar a integração com um município que ainda não está integrado, quais os requisitos para realizar a solicitação e qual o prazo para concluir a mesma. Neste artigo, solucionaremos as dúvidas com relação a esse tema.

1. Como solicitar a integração
O primeiro passo é determinar se o município já está integrado ou não.  A melhor alternativa é consultar no próprio InvoiCy NFS-e, que oferece uma opção no menu principal para consultar os municípios integrados, conforme a figura abaixo.

Outra forma de realizar a consulta é através do mapa dos municípios integrados, acessando o endereço InvoiCy NFS-e: Municípios Integrados. É possível também consultar via Web Service se o município está integrado, o que permite por exemplo, validar se o município está integrado antes do seu sistema ERP enviar o cadastro de uma empresa via Web Service para o InvoiCy. Para integrar a consulta de municípios verifique o artigo Consulta de Municípios Integrados.

Por fim, também é possível contatar o seu gerente de contas, que pode lhe enviar uma relação de municípios integrados.

Após constatar que o município não está de fato integrado, você precisa reunir as informações de uma empresa domiciliada neste município, empresa esta que será utilizada como piloto na integração.

2. Pré-requisito para a integração
Conforme citado, o pré-requisito para realizar a integração é a disponibilização de uma empresa que será usada como piloto na integração, necessariamente sendo domiciliada no município desejado.

A disponibilização da empresa é fundamental, uma vez que não realizamos integrações baseadas apenas em manuais, pois muitas vezes os manuais disponibilizados não refletem a realidade efetiva dos sistemas, onde muitas questões não estão documentadas, ou foram alteradas após a documentação.

A empresa piloto precisa estar habilitada no ambiente de homologação da prefeitura (se existir), e possuir certificado digital A1. É preciso preencher o formulário abaixo:

DADOS CADASTRAIS:
CNPJ
Nome Fantasia
Razão Social
Endereço
Cidade/UF
Bairro
CEP
Complemento
DDD telefone
CMC (Cadastro Mobiliário do Contribuinte)
Inscrição Municipal
Inscrição Estadual
Itens da Lista de serviços habilitados para empresa
Código de tributação do município habilitados para a empresa
Cnae utilizado pela empresa
Alíquota de ISS que a empresa utiliza
Usuário para acesso ao portal da prefeitura
Senha para autenticação no portal da prefeitura
Certificado Digital A1
Senha do Certificado
Estimativa aproximada de notas emitidas (pode ser por dia, semana ou mês)
Data de exigência legal para iniciar a emissão (se tiver)

Para facilitar a comunicação entre a Migrate e nossos parceiros, gostaríamos também de um contato que seja responsável pela NFS-e no parceiro para que possamos tirar dúvidas, solicitar mais informações ou mesmo comunicar a finalização da integração.
Contato do parceiro

De posse das informações relatadas acima, é possível solicitar a integração através de duas principais formas:

Gerente de Contas: Contate o seu gerente de contas, enviando o(s) município(s) que existe o interesse, bem como o formulário, que o mesmo encaminhará a integração.

Integração: Através de um e-mail para integracao@migrate.com.br com o assunto: “Solicitação de novo município na NFS-e do InvoiCy – Nome Município – Estado”.

Importante: Nesse e-mail de solicitação informe sempre o nome do Município solicitado, mais o Estado.

Ex.: Solicitação de novo município na NFS-e do InvoiCy, Três de Maio – RS.

3. Qual o prazo para concluir a integração
Para entender os prazos, vamos primeiro analisar a forma de priorização das integrações. Possuímos uma fila de desenvolvimento, que leva em conta a data da solicitação, a prioridade (existência de obrigação legal), a expectativa do parceiro e o número de municípios que a integração agregará ao InvoiCy. Para ser inserida na fila, antes a integração é validada por um analista (a validação contempla análise da documentação e testes de envio). Dessa forma, a validação exige as informações de uma empresa piloto, bem como o certificado digital A1.

O processo de validação é fundamental, pois diversas vezes uma determinada integração foi priorizada, mas o desenvolvimento parou pois a empresa não possuía habilitação, ou o sistema estava programado diferente do manual, entre outros fatores. Uma vez na fila, na medida em que as integrações em desenvolvimento no momento são finalizadas, as outras são priorizadas e uma data de liberação é programada (e compartilhada com o parceiro que solicitou).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s