Consultando uma NFS-e – Antigo

Última atualização em: 31 de julho, 2014

 

Neste artigo iremos demonstrar como realizar a consulta de NFS-e através do Web Service do InvoiCy.

A partir de agora, assumimos que você já leu o artigo Emitir uma NFS-e. Caso ainda não tenha lido o artigo, recomendamos que realize a leitura do mesmo, para facilitar o entendimento deste artigo.

A consulta de uma NFS-e é extremamente simples, embora seja vital para o processo, pois na consulta que o emissor pode verificar o status do envio dos RPS. Para que isso se torne possível, siga os seguintes passos:

1. Consumindo o Web Service
Primeiramente, você deve realizar o consumo do Web Service de Consulta de NFS-e – https://gnfse.gnfe.com.br/apnuc137.aspx?wsdl

2. Criar o XML para o envio
O XML de consulta pode conter um ou mais RPS para consulta. Os detalhes de como criar o XML e transmitir estão detalhados abaixo.

Para obter os layouts de envio e retorno do XML de Consulta de NFS-e, faça o download do arquivo Consulta.zip. Nele você encontrará também o arquivo XSD e XML de exemplo.

O XML a ser enviado pode ser divido em duas partes: Cabeçalho (comum a todos os serviços – exceto no cadastro de prestador) e os dados do RPS (Tag <ListaRPS>). A Tag ListaRPS contém os dados do(os) RPS, e o cabeçalho contém os dados do emissor e a chave de comunicação. Para saber como gerar a Tag ListaRPS corretamente e como gerar a Chave de Comunicação, consulte o artigo Gerar um XML de Envio passo-a-passo.

Após finalizado, o documento XML deve ser inserido entre as TAGS <nfse:Entradaxml> </nfse:Entradaxml> do SOAP de envio. Veja abaixo um exemplo:

Nos casos em que for usada uma ferramenta RAD para consumo do Web Service através de componente nativo, por exemplo Visual Studio utilizando Web Reference, a conversão do XML para texto irá ocorrer de forma automática. Para os casos em que o desenvolvedor preferir codificar toda a comunicação sem utilizar componentes, além de ser necessário escrever todo o XML do SOAP, também deverá ser feita a conversão do XML do documento para texto, substituindo os caracteres “<”, “>” e “ “ ” (aspas) por “&lt;”, “&gt;” e “&quot;” respectivamente, de acordo com a tabela da W3C: ttp://www.w3schools.com/html/html_entities.asp.

Para facilitar a geração do XML de integração, disponibilizamos o XML de envio, bem como um arquivo de esquema XSD que poderá servir como base. É recomendável que após a geração do arquivo XML e antes do consumo do Web Service, o mesmo seja validado contra o arquivo de esquema. Maiores detalhes no artigo Validação de arquivos XML.

3. Realize a leitura do retorno do envio da NFS-e
Após o envio do XML, precisamos realizar a leitura do retorno da consulta de NFS-e. O retorno recebido segue a seguinte estrutura SOAP:

A estrutura SOAP acima demonstra o retorno do serviço de Consulta de apenas uma NFS-e efetivada.

O seu sistema deve ler o retorno, validando as informações conforme o layout de retorno. O retorno criará um grupo para cada RPS, contendo o número, série, situação, entre outros. Retornará também o número da NFS-e e o código de verificação, caso o RPS tenha sido convertido em NFS-e.

Agora que você já consultou uma NFS-e, podemos dar prosseguimento ao próximo passo.

Seu próximo passo é: Cancelar uma NFS-e.

Artigos Relacionados:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s