Padrão NF-em – Antigo

Última atualização em: 12 de abril, 2016

 

Para o padrão NF-em Joinville existem algumas diferenças em relação aos demais modelos que seguem o padrão ABRASF, listadas abaixo:

1. Ambiente de homologação

Não possui um ambiente de homologação, porém existe um serviço que executa o carregamento de arquivo xml de RPS e valida buscando inconsistências. Esta funcionalidade pode ser acessada através do menu ‘Lote -> Desenvolvedor -> Testar Carregamento RPS’ .

2. O sistema não permite:

  • Envio de RPS sem tomador
  • Informar o Intermediário do serviço
  • Substituição de RPS
  • Itens da nota
  • Deduções

3. Importação

A prefeitura somente dispõe a exportação das NFSes por um período mensal. Por este motivo, o fluxo de retorno poderá se tornar lento, ou seja, mesmo que queira apenas importar uma NFSe, será retornada todas as notas emitidas dentro do período mensal exportado.

A exportação dos dados no sistema emissor da prefeitura deverá ser realizada através do menu Ferramentas -> Exportação de Dados -> NF-em Emitidas.

4. Espelho de NFS-e da Prefeitura

O usuário tem a disposição a impressão do espelho da NFS-e original gerado pela prefeitura. Porém o sistema do município possui um controle de acesso que permite apenas que usuários logados possam baixar o arquivo PDF. Desta forma, para poder visualizar o espelho da prefeitura é necessário que o usuário tenha aberto em outra aba do navegador o sistema de NFS-e da prefeitura antes de acessar pelo InvoiCy ou diretamente via URL. O modelo de espelho gerado pelo InvoiCy, por outro lado, é gerado sem nenhuma complicação.

5. Informação obrigatória para emissão

Surgiu a necessidade de criar um novo campo exclusivo a este padrão no layout de integração, que se refere à situação do tomador da nota. Este campo deverá obrigatoriamente ser preenchido. Os valores a serem informados são os seguintes:

6. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão do InvoiCy NFS-e abaixo:

Para visualizar o XML de exemplo clique aqui.

PADRÃO NF-em

Última atualização em: 12 de abril, 2016

Para o padrão NF-em Joinville existem algumas diferenças em relação aos demais modelos que seguem o padrão ABRASF, listadas abaixo:

1. Ambiente de homologação

Não possui um ambiente de homologação, porém existe um serviço que executa o carregamento de arquivo xml de RPS e valida buscando inconsistências. Esta funcionalidade pode ser acessada através do menu ‘Lote -> Desenvolvedor -> Testar Carregamento RPS’.

2. O sistema não permite:

  • Envio de RPS sem tomador
  • Informar o Intermediário do serviço
  • Substituição de RPS
  • Itens da nota
  • Deduções

3. Importação

A prefeitura somente dispõe a exportação das NFSes por um período mensal. Por este motivo, o fluxo de retorno poderá se tornar lento, ou seja, mesmo que queira apenas importar uma NFS-e, será retornada todas as notas emitidas dentro do período mensal exportado.

A exportação dos dados no sistema emissor da prefeitura deverá ser realizada através do menu Ferramentas -> Exportação de Dados -> NF-em Emitidas.

4. Espelho de NFS-e da Prefeitura

O usuário tem a disposição a impressão do espelho da NFS-e original gerado pela prefeitura. Porém o sistema do município possui um controle de acesso que permite apenas que usuários logados possam baixar o arquivo PDF. Desta forma, para poder visualizar o espelho da prefeitura é necessário que o usuário tenha aberto em outra aba do navegador o sistema de NFS-e da prefeitura antes de acessar pelo InvoiCy ou diretamente via URL. O modelo de espelho gerado pelo InvoiCy, por outro lado, é gerado sem nenhuma complicação.

5. Informação obrigatória para emissão

Surgiu a necessidade de criar um novo campo exclusivo a este padrão no layout de integração, que se refere à situação do tomador da nota. Este campo deverá obrigatoriamente ser preenchido. Os valores a serem informados são os seguintes:

6. Natureza da Operação O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão do InvoiCy NFS-e abaixo:
Para visualizar o XML de exemplo clique aqui.

IMPORTANTE: Este padrão utiliza integração via Upload de Arquivos. Não possui WebServices para comunicação.

Para saber como funciona o fluxo deste tipo de integração, consulte o artigo abaixo: Integração com padrões que utilizam arquivos