Padrão eISS – Antigo

 

Para o padrão eISS existem algumas diferenças em relação aos demais modelos que seguem o padrão ABRASF, listadas abaixo:

  1. Upload do arquivo de integração

O padrão eISS não possui integração via Web Service, sendo realizada a emissão via upload de arquivo TXT. Para saber detalhes sobre padrões que integram via upload de arquivo, veja o artigo Integração com padrões que utilizam arquivos.

 

Após ser realizado o upload, é necessário acessar a opção “Acompanhamento de Arquivos”, conforme destacado na imagem abaixo.

 

É preciso filtrar pela data de envio do arquivo, no grupo “Filtro de localização de arquivos”.  Após filtrar, o sistema irá apresentar os arquivos carregados no dia. A direita, existe um botão que permite fazer o download do arquivo de retorno, que deve ser convertido e enviado ao InvoiCy, para atualização do status do RPS.

  1. Discriminação do Serviço

A Discriminação do serviço não permite acentuação ou qualquer outro caractere especial, dessa forma, o InvoiCy irá substituir pelo equivalente sem a acentuação.

  1. Particularidades nos dados para emissão
  • A série do RPS deve, obrigatoriamente, ter 4 caracteres.
  • O padrão não utiliza deduções, alíquota, valor de iss e valor de iss retido.
  • O campo Código de atividade deve ser informado no campo código de tributação do município (TributMunicipio) e não item da lista de serviço (IteListServ) pois, por mais que no manual da prefeitura utiliza esta nomenclatura, não refere-se à lista de serviços da LC 116/2003.
  • Local de prestação do serviço – informar 1 ou 2 para no município, e 3 ou 4 para fora do município.
  • Serviço Prestado em vias públicas (tag < ServicoViasPublicas>) é obrigatório.
  • País do tomador é obrigatório se o tomador for estrangeiro. Caso não informado, o sistema irá entender que o tomador é brasileiro.
  • O serviço será caracterizado como exportação se o campo natureza da operação (natop) conter o valor 9 e o país do tomador for diferente de Brasil.
  • Os impostos que podem ser informados na nota são IR, PIS/PASEP, COFINS, CSLL, OutrasRetencoes (para Valor não Incluso na Base de Cálculo – exceto tributos federais).
  • É necessário informar o campo serQuantidade. Caso contrário será enviado 1.
  • O padrão permite informar o número e valor da fatura com os campos nrofatura eValLiqFatura.
  1. Identificar erros no arquivo

O Padrão dispõe de uma lista de erros possíveis, veja aqui. Os erros poderão ser encontrados no arquivo de retorno. É possível baixar o arquivo e no final de cada linha tem um código de erro e um ponto e vírgula (‘;’). (fazer upload e linkar o pdf que está na pasta)

  1. Exemplo de XML

Visualize um exemplo de XML para emissão no padrão eISS clicando aqui.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s