Padrão e-Receita – Antigo

Última atualização em: 31 de agosto, 2015

 

O padrão e-Receita segue em grande parte o modelo ABRASF 2.02, porém possui diversas particularidades que requerem tratamento diferenciado. As características que integradores deverão considerar são:

–  Verificar no cadastro da empresa no sistema online do município se os campos de web services estão marcados para permitir a utilização deste serviço.

– A substituição de RPS através do envio de um novo RPS (preenchendo os campos de substituição no layout de recepção) não será permitida, visto que a prefeitura não cancela a nota antiga através deste método. Recomenda-se cancelar a nota antiga e emitir um novo RPS com as correções.

– É obrigatório informar ao menos o Nome / Razão Social do Tomador para efetivar uma nota. Tomador vazio ou não informado causará rejeição do lote. O preenchimento do país do tomador também é obrigatório.

– A impressão do PDF da nota no modelo gerado pela prefeitura está disponível apenas no ambiente de produção. Ao cadastrar a empresa em produção, verificar nos dados da empresa se a opção Impressão Prefeitura está cadastrada como SIM.

1. Natureza da Operação.

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:


2. Exemplo de XML

Para visualização de um XML de exemplo para envio do padrão e-Receita, clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s