Configurando uma caixa de e-mail

Última atualização em: 10 de julho, 2017

Para receber e-mails de alertas e notificações do InvoiCy a empresa deve realizar o cadastro de uma caixa de e-mail, que a aplicação irá utilizar para enviar e-mails do emissor aos seus clientes. Neste artigo iremos descrever os passos necessários para configurar uma caixa de e-mail para a sua empresa no InvoiCy.

Através do menu lateral esquerdo, acesse a opção Painel de Controle – Caixas de e-mail, como demonstra a imagem.

 

Na tela de caixas de e-mail é possível configurar caixas para envio e para leitura de e-mails. As caixas para envio de e-mails correspondem as caixas de saída, onde o InvoiCy irá utilizar estes dados para enviar e-mails aos destinatários que constam nos documentos de emissão da empresa, sobre notificações e alertas da aplicação.

Já as caixas para leitura de e-mails correspondem as caixas de entrada, onde a empresa emissora fará o envio de seus documentos para essa conta de e-mail configurada, e o InvoiCy fará a leitura dessa caixa e irá importar os documentos para a aplicação. Podem ser configuradas diversas caixas de e-mail para leitura, onde é possível visualizar as caixas de acordo com o seu status, como demonstra a imagem a seguir.

 

 

Se a empresa deseja receber e-mails das notificações e alertas da aplicação, é necessário configurar uma caixa para envio de e-mails clicando no botão ‘Adicionar nova caixa’. Caso o botão ‘Adicionar nova caixa’ não esteja disponível deve-se entrar em contato com o usuário Parceiro, solicitando permissão para cadastrar a caixa de e-mail, ou solicitar que o próprio Parceiro efetue o cadastro da caixa de e-mail.

Na sequência deve informar os dados da caixa de saída que o InvoiCy irá utilizar para enviar os e-mails da empresa, como apelido da caixa, nome e e-mail do Remetente, usuário e senha, e marcar a caixa como ativa. Nas opções avançadas, deve configurar o endereço SMTP, porta, se possui conexão SSL e autenticação, se deve validar o certificado digital e o tempo de timeout. Em seguida clicar no botão Salvar, conforme imagem a seguir.

 

 

É possível ainda fazer um teste para verificar a comunicação com a caixa de e-mail, através do botão Testar e-mail. Aparecerá em tela uma mensagem informando o usuário sobre o sucesso ou falha na comunicação.

Caso ocorrer falha na comunicação com o servidor de e-mail, o InvoiCy apresentará uma mensagem ao usuário, conforme podemos visualizar abaixo:

Erro caixa de E-mail

Ao cadastrar uma caixa de e-mail por esta tela, automaticamente será realizado o cadastro da mesma na tela de servidores de e-mails do parceiro, vinculando com a respectiva empresa.

O usuário também tem a opção de importar para as filiais a caixa de e-mail da Matriz, quando a mesma tiver caixa de e-mail configurada, através do botão ‘Importar da matriz’, onde as informações já serão preenchidas automaticamente, permitindo alterar apenas o nome do remetente.

Para o usuário parceiro que possui caixas de e-mail cadastradas existe a opção de importar a caixa de e-mail do parceiro, através do botão ‘Importar do Parceiro’, onde poderá escolher a caixa de e-mail que deseja importar, no caso de existir mais de uma. As informações serão preenchidas automaticamente, permitindo alterar apenas o nome do remetente, como demonstra na imagem abaixo.

 

 

Como exemplo utilizamos uma conta de e-mail usando o servidor do Gmail (Google), o qual retornou erro de configuração e através de um e-mail o serviço avisou sobre a falha ocorrida, veja abaixo:

Gmail

Desta forma, observou-se que no caso do provedor do Google, a conta de e-mail exige uma configuração específica para utilizar a comunicação via e-mail, onde deve-se ativar a opção “Permitir aplicativos menos seguros” ou “Allow less secure apps”.

Allow less secure apps

 

Padrão Governo Eletrônico

Última atualização em: 21 de outubro, 2015

 

O Padrão Governo Eletrônico segue o modelo definido pela ABRASF, versão 1.0, oferecendo suporte à tecnologia de Web Services. Disponibiliza os seguintes Web Services: Recepção de Lote RPS, Consulta à Situação do Lote de RPS, Consulta ao Lote de RPS, Consulta de NFS-e por RPS e Cancelamento de NFS-e. Abaixo, estão descritas as particularidades deste padrão:

1. Natureza da Operação

Caso o contribuinte utilizar a tabela unificada, o campo de natureza da operação deverá seguir o padrão do InvoiCy NFS-e:

2. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota.
  • Recepção de RPS sem Tomador.
  • Substituição de RPS.

3. Ambiente de Homologação

O ambiente de homologação é compartilhado por todas as prefeituras que utilizam Web Services do padrão Governo Eletrônico (Aquiraz/CE, Aracati/CE, Barbalha/CE, Beberibe/CE, Crateús/CE, Crato/CE, Guaraciaba do Norte/CE, Itaitinga/CE, Jijoca de Jericoacoara/CE, Maracanaú/CE, Petrolina/PE, Pindoretama/CE, Quixeramobim/CE, Tauá/CE, Tianguá/CE). Para realizar o processo de homologação é necessário realizar o pré-cadastro da empresa no seguinte endereço: http://speedgov.com.br/satmodws/servlet/hsefin, no menu “Pré-Cadastro”, como mostra a imagem:

Depois de realizar o pré-cadastro, deve-se encaminhar os dados da empresa (Razão Social e CNPJ) e também o município a qual a mesma é contribuinte para o e-mail: carlos.daniel@intersolnet.com.br, solicitando acesso ao ambiente de homologação, serão retornados uma Inscrição Municipal (IM) e Senha (válidos somente para ambiente de homologação), a IM retornada deverá ser vinculada ao cadastro da empresa enquanto ela estiver em homologação, quando a mesma se encontrar em produção, deve-se utilizar a IM oficial da empresa.

4. Cancelamento de NFS-e

Atualmente apenas um único município não disponibiliza cancelamento de NFS-e via web service, o município de Maracanaú / CE, neste caso é necessário realizar o cancelamento diretamente no sistema da prefeitura. Ao acessar a área de Gerenciamento da NFS-e, deve-se clicar no botão disponível na coluna “Cancelamento” da grid dos dados:

Após, será necessário confirmar o cancelamento da NFS-e:

5. Exemplo XML

Para visualização de um XML de exemplo, clique aqui.

Padrão Governo Eletrônico – Antigo

Última atualização em: 21 de outubro, 2015

 

O Padrão Governo Eletrônico segue o modelo definido pela ABRASF, versão 1.0, oferecendo suporte à tecnologia de Web Services. Disponibiliza os seguintes Web Services: Recepção de Lote RPS, Consulta à Situação do Lote de RPS, Consulta ao Lote de RPS, Consulta de NFS-e por RPS e Cancelamento de NFS-e. Abaixo, estão descritas as particularidades deste padrão:

1. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota.
  • Recepção de RPS sem Tomador.
  • Substituição de RPS.

2. Ambiente de Homologação

O ambiente de homologação é compartilhado por todas as prefeituras que utilizam Web Services do padrão Governo Eletrônico (Aquiraz/CE, Aracati/CE, Barbalha/CE, Beberibe/CE, Crateús/CE, Crato/CE, Guaraciaba do Norte/CE, Itaitinga/CE, Jijoca de Jericoacoara/CE, Maracanaú/CE, Petrolina/PE, Pindoretama/CE, Quixeramobim/CE, Tauá/CE, Tianguá/CE). Para realizar o processo de homologação é necessário realizar o pré-cadastro da empresa no seguinte endereço: http://speedgov.com.br/satmodws/servlet/hsefin, no menu “Pré-Cadastro”, como mostra a imagem:

Depois de realizar o pré-cadastro, deve-se encaminhar os dados da empresa (Razão Social e CNPJ) e também o município a qual a mesma é contribuinte para o e-mail: carlos.daniel@intersolnet.com.br, solicitando acesso ao ambiente de homologação, serão retornados uma Inscrição Municipal (IM) e Senha (válidos somente para ambiente de homologação), a IM retornada deverá ser vinculada ao cadastro da empresa enquanto ela estiver em homologação, quando a mesma se encontrar em produção, deve-se utilizar a IM oficial da empresa.

3. Cancelamento de NFS-e

Atualmente apenas um único município não disponibiliza cancelamento de NFS-e via web service, o município de Maracanaú / CE, neste caso é necessário realizar o cancelamento diretamente no sistema da prefeitura. Ao acessar a área de Gerenciamento da NFS-e, deve-se clicar no botão disponível na coluna “Cancelamento” da grid dos dados:

Após, será necessário confirmar o cancelamento da NFS-e:

4. Exemplo XML

Para visualização de um XML de exemplo, clique aqui.

Padrão INFISC Farroupilha

Última atualização em: 15 de outubro, 2015

O Padrão INFISC FARROUPILHA não segue o padrão ABRASF. Segue abaixo as particularidades deste novo padrão:

1. Série do RPS

Para permitir a emissão de NFS-e, deve ser solicitada junto a prefeitura a liberação de uma numeração para emissão. Normalmente a série disponibilizada é a de valor ‘N1’.

2. O sistema não permite:

  • Informar o Intermediário do serviço.
  • Substituição de RPS.
  • Efetivar uma nota sem Tomador;
  • Enviar o caractere & nos dados do RPS.

3. Exemplo XML

Para visualização de um XML de exemplo, clique aqui.

4. Optante pelo Simples Nacional

Os valores aceitos para optante simples nacional são

Optante Simples Nacional

Se for informado que o prestador é optante pelo Simples Nacional, o InvoiCy irá zerar alguns campos (listados abaixo), conforme instrução do manual de integração da INFISC:

  • Base de cálculo
  • Base de cálculo do ISS Retido
  • Valor do ISS
  • Alíquota ISS
  • Base de cálculo do ISS

Padrão INFISC Farroupilha – Antigo

Última atualização em: 15 de outubro, 2015

O Padrão INFISC FARROUPILHA não segue o padrão ABRASF. Segue abaixo as particularidades deste novo padrão:

1. Série do RPS

Para permitir a emissão de NFS-e, deve ser solicitada junto a prefeitura a liberação de uma numeração para emissão. Normalmente a série disponibilizada é a de valor ‘N1’.

2. O sistema não permite:

  • Informar o Intermediário do serviço.
  • Substituição de RPS.
  • Efetivar uma nota sem Tomador;
  • Enviar o caractere & nos dados do RPS.

3. Exemplo XML

Para visualização de um XML de exemplo, clique aqui.

4. Optante pelo Simples Nacional

Os valores aceitos para optante simples nacional são:

Optante Simples Nacional

Se for informado que o prestador é optante pelo Simples Nacional, o InvoiCy irá zerar alguns campos (listados abaixo), conforme instrução do manual de integração da INFISC:

  • Base de cálculo
  • Base de cálculo do ISS Retido
  • Valor do ISS
  • Alíquota ISS
  • Base de cálculo do ISS

Padrão PMJP

Última atualização em: 15 de outubro, 2015

 

O padrão PMJP segue o padrão ABRASF 2.0 e abrange o município de João Pessoa/PE.

1. Exemplo de XML

A seguir, um exemplo de XML de exemplo do InvoiCy NFS-e com todos os campos aceitos pelas prefeituras do padrão RLZ. O usuário poderá informar os demais campos do layout do InvoiCy para fins de impressão do espelho da Nota, o que é recomendado.

Clique aqui para fazer o download.

Padrão PMJP – Antigo

Última atualização em: 15 de outubro, 2015

 

O padrão PMJP segue o padrão ABRASF 2.0 e abrange o município de João Pessoa/PE.

1. Natureza da Operação

O padrão segue os valores do modelo Abrasf 2.0.

2. Exemplo de XML

A seguir, um exemplo de XML do InvoiCy NFS-e com todos os campos aceitos pelo padrão PMJP. O usuário poderá informar os demais campos do layout do InvoiCy para fins de impressão do espelho da Nota, o que é recomendado.

Clique aqui para fazer o download.

Cadastro de fornecedor para emissão de NFC-e no Paraná

Última atualização em: 13 de outubro, 2015

 

A SEFAZ do Paraná exige que o Fornecedor (Desenvolvedor de Sistemas) faça seu cadastro junto a Receita Estadual, visto que, a adesão voluntária à NFC-e no estado já foi liberada e a data para primeira obrigatoriedade é de 1 de julho (vide calendário); os emissores precisarão encontrar o CNPJ do fornecedor da aplicação para que possam emitir seu CSC (Código de Segurança do Contribuinte).

Para credenciamento:

O FORNECEDOR (Desenvolvedor de Sistemas) deverá efetuar o seu cadastro, alteração e cessação, no endereço eletrônico www.fazenda.pr.gov.br, ambiente RECEITA/PR, serviço UPD, mediante preenchimento de formulário específico, utilizando-se do código de acesso da área restrita e da senha de representante legal previamente cadastrado, conforme passo-a-passo:

Caso ainda não seja usuário do serviço Receita/PR

1) Acessar o serviço “Receita/PR → torne-se usuário” no menu lateral do Portal da SEFAZ, em www.fazenda.pr.gov.br.

2) Seguir todos os passos que o sistema apresentar e ao final você receberá o e-mail de confirmação da homologação, com a senha inicial de utilização.

Caso já tenha login para o serviço Receita/PR

1)  Acessar o site da Receita do Paraná http://www.receita.pr.gov.br/ e efetuar o Login.

2) Clicar no Menu “UPD” e ir em “Pedido de Cadastro”

3) Na próxima tela é preciso informar o CNPJ da software house para “Efetuar o Pedido de Cadastro de Fornecedor de Software”. Depois, é preciso selecionar “NFC-e modelo 65”.

4) Ao final do cadastro, imprimir duas vias, assinar, fazer o reconhecimento em cartório e enviar para a SEFAZ-PR no setor de Protocolo.

5) Após 24 horas você recebe o código de credenciado e está apto a distribuir sua aplicação.

Ambientes de homologação e produção:

Serão disponibilizados ambientes de homologação para testes e ambientes de produção para documentos com validade jurídica.

Para maiores informações acesse a NP FISCAL Nº 063/2012.

Padrão SAATRI

Última atualização em: 02 de outubro, 2015

 

O Padrão SAATRI segue o padrão ABRASF. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Enviar um RPS com intermediário.

2. Habilitação para emissão

Para obter a liberação da empresa para emissão de RPS via Webservice, é necessário enviar um e-mail para o endereço ‘suporte.dev@saatri.com.br’, com o título ‘Homologação NFS-e’. Neste e-mail, deverá ser informado os seguintes dados: Razão Social, CNPJ, Inscrição Municipal, e um e-mail de contato.

Obs: A solicitação de habilitação de NFS-e do sistema de emissão da prefeitura, apenas permite o cadastro da empresa para emissão manual, sendo obrigatório realizar a etapa informada acima.

3. Dados de autenticação

É necessário informar os dados de acesso ao sistema de emissão da prefeitura, nos campos do cadastro da empresa “Usuário Autent” e “Senha Autent”, para realizar a autenticação com o Webservice da prefeitura.

4. Exemplo XML

Clique aqui, para visualização de um XML de exemplo.

Padrão SAATRI – Antigo

Última atualização em: 02 de outubro, 2015

O Padrão SAATRI segue o padrão ABRASF. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Enviar um RPS com intermediário.

2. Habilitação para emissão

Para obter a liberação da empresa para emissão de RPS via Webservice, é necessário enviar um e-mail para o endereço ‘suporte.dev@saatri.com.br’, com o título ‘Homologação NFS-e’. Neste e-mail, deverá ser informado os seguintes dados: Razão Social, CNPJ, Inscrição Municipal, e um e-mail de contato.

Obs: A solicitação de habilitação de NFS-e do sistema de emissão da prefeitura, apenas permite o cadastro da empresa para emissão manual, sendo obrigatório realizar a etapa informada acima.

3. Dados de autenticação

É necessário informar os dados de acesso ao sistema de emissão da prefeitura, nos campos do cadastro da empresa “Usuário Autent” e “Senha Autent”, para realizar a autenticação com o Webservice da prefeitura.

4. Natureza da Operação

O campo Natureza da Operação utiliza os seguintes valores:

Natureza de Operação

5. Exemplo XML

Para visualização de um XML de exemplo, clique aqui.