Enviando os primeiros documentos no Portal Simula via WS e DLL Daruma

Última atualização em: 09 de maio, 2016

Olá! A partir desse momento assumimos que você já tem conhecimento sobre o Portal Simula, e já realizou o cadastro da sua empresa. Caso ainda tenha dúvidas sobre algum processo, acesse o artigo “O que é o Portal Simula?” para mais informações.

Antes de iniciar o envio de qualquer documento é necessário fazer a integração da sua aplicação com o Portal Simula, destacando que esta pode ser feita de duas formas: via Web Service ou via DLL Daruma. No presente artigo iremos explicar a integração da sua aplicação com o Web Service awsrecepcaonfce.aspx do Portal Simula.

Para realizar a integração realize os seguintes passos:

1. Visualize a estrutura WSDL do Web Service

Para visualizar a estrutura WSDL do Web Service basta copiar e colar o link do Web Service em seu navegador de internet, por exemplo https://simula.invoicy.com.br/awsrecepcaonfce.aspx?wsdl. Assim podemos visualizar toda a estrutura do WSDL, conforme demonstra a imagem abaixo:

2. Realize o consumo do Web Service

Você deverá realizar o consumo do Web Service para realizar a integração. Ao realizar o consumo do Web Service você deverá informar os seguintes parâmetros:

  • EmpPK: Chave de Parceiro recebida no e-mail de confirmação do cadastro da empresa. Exemplo: PYcEsFuKroDBojfiFEl+Ms==

A chave de parceiro é gerada no momento que a sua empresa é cadastrada no Portal Simula, e a mesma será enviada por e-mail juntamente com a confirmação do cadastro da empresa.

  • Texto: Informações sobre o framework da DLL Daruma, como versão do framework, plataforma, impressora e MAC. Estas informações devem ser preenchidas apenas quando for integração via DLL Daruma. Para integração via Web Service não é necessária essa informação.
  • Documento: Conteúdo do Documento Fiscal a ser enviado para o Portal Simula, seguindo o layout da SEFAZ.

Dentro da TAG você deverá informar o conteúdo XML da NFC-e ou CF-e SAT, com os campos convertidos para texto.

Para facilitar seu entendimento disponibilizamos o download de um exemplo completo de consumo do Web Service.

Clique aqui e realize o download do documento.

3. Realize a leitura do retorno do envio

Após o envio da NFC-e ou CF-e SAT precisamos realizar a leitura do retorno do processamento do documento. O retorno recebido segue a seguinte estrutura SOAP:

Para facilitar seu entendimento anexamos um documento completo a este artigo. Clique aqui e realize o download do arquivo SOAP de retorno.

Assim que você enviar os documentos será possível visualizá-los através do Portal Simula, como já explicamos nos artigos anteriores.

4. Enviando um documento via DLL Daruma

Através do Portal Simula, é possível realizar o envio de documentos através da DLL Daruma. Desta forma, é possível efetuar testes com todos os métodos da DLL antes de ingressar no ambiente de homologação do InvoiCy. O intuito deste importante passo, é deixá-lo familiarizado com os métodos do FrameWork Daruma.

A Daruma dispõe de um tutorial com um passo-a-passo no ambiente Simula. Neste tutorial, são listados todos os passos para cadastro de empresa no Portal e configurações do FrameWork, até a emissão do primeiro documento.

Consulte o artigo abaixo:
http://www.desenvolvedoresdaruma.com.br/sddn/ebits/ddc_ebits_08.html

Em caso de dúvidas referente configurações do FrameWork, ao final do artigo são listados todos os endereços de contato e suporte da Daruma.

Conhecendo o Portal Simula

Última atualização em: 09 de maio, 2016

 

Para familiarizar-se e facilitar seu primeiro acesso ao Portal Simula este artigo explica brevemente o funcionamento da aplicação, demonstrando as telas disponíveis para acesso.

Após fazer login com o seu usuário aparecerá a tela inicial da aplicação, onde no combobox de empresas, localizado na parte superior direita da tela, serão listados os emitentes de cada NFC-e e CF-e SAT já enviado, e selecionando um emitente específico será possível visualizar todos os documentos já enviados por ele. A imagem a seguir demonstra a tela inicial do Portal Simula.

Destacando que, ao enviar uma NFC-e será adicionado ao combobox de empresas o emitente do documento, e ao enviar um CF-e SAT será adicionado o fabricante. Sendo assim, quem emite NFC-e e CF-e SAT terá duas empresas no combobox, uma correspondente ao emitente da NFC-e e outra ao fabricante do CF-e SAT.

Para cada documento enviado será possível visualizar as seguintes informações: Modelo, Número e Série do documento, Status, Destinatário, Data de Emissão e de Inclusão, e quando emitido via DLL Daruma será possível visualizar a Versão do Framework e Linguagem da Plataforma. O usuário terá ainda a opção de visualizar o XML, selecionando o checkbox e clicando no link “Visualizar XML”.

Também poderá excluir os documentos selecionando o checkbox correspondente ao documento e clicando no link “Excluir selecionadas”. Ou ainda excluir todos os documentos já enviados, através da opção “Excluir todas”.

Ao selecionar o combobox e clicar na opção visualizar o XML será apresentado em tela os dados do respectivo documento. É possível observar na imagem abaixo que o documento XML não está assinado e não contém as tags de Protocolo, pois como já foi mencionado estes documentos não são enviados à SEFAZ.

Existe também a possibilidade de o usuário trocar a sua senha, através do ícone da engrenagem posicionado ao lado do combobox de empresas, como representa a imagem a seguir.

Abrirá então uma tela para informar a senha atual e definir a nova senha do usuário. Após preencher corretamente as informações basta clicar no botão Alterar.

Através do Menu da aplicação, posicionado ao lado esquerdo da tela inicial, o usuário também terá acesso a tela de Meus dados e Suporte. Com a opção Meus dados poderá visualizar os dados de cadastro da sua empresa, como demonstra a imagem a seguir.

E através da opção Suporte é possível encontrar informações para atendimento aos desenvolvedores, como telefone e endereço de e-mail para contato, o link do site da Daruma, que conta com inúmeras dicas e informações para auxiliar os desenvolvedores, e ainda informações para contatos nas redes sociais. A imagem abaixo representa a tela de Suporte.

7

Cadastrar empresa no Portal Simula

Última atualização em: 09 de maio, 2016

 

Olá! A partir desse momento assumimos que você já fez a leitura do artigo “O que é o Portal Simula?”. Caso ainda não tenha lido, acesse o link para facilitar o entendimento desse artigo.

Agora que você já conhece o Portal Simula e sabe qual a sua finalidade, iremos explicar o passo a passo para cadastrar uma empresa e poder iniciar os testes da sua aplicação.

Primeiramente é necessário se cadastrar no servidor do Portal Simula para receber uma chave de parceiro e ter acesso a todas as NFC-e ou CF-e SAT emitidas. Para isso, acesse o link https://simula.invoicy.com.br/cadastro.aspx.

Nessa página você deve preencher os dados da sua empresa, selecionar a(s) linguagem(s) de programação, o Sistema Operacional utilizado, e definir o seu usuário e senha para acesso ao sistema, como demonstra a imagem a seguir.

Após clicar no botão Cadastrar, aparecerá em tela uma mensagem informando sobre a conclusão do cadastro da sua empresa, como na imagem abaixo.

Imediatamente após a finalização do cadastro você também receberá um e-mail de confirmação contendo a chave de parceiro destinada à sua empresa, bem como seu usuário e senha para acesso ao sistema. Na imagem abaixo consta um exemplo da estrutura do e-mail recebido.

Agora que você tem todas as informações necessárias já pode acessar o sistema através do link https://simula.invoicy.com.br/. Informe seu e-mail e senha de acesso, e clique no botão Entrar.

Caso você tenha esquecido a senha do seu usuário pode fazer uso da opção “Esqueceu sua senha?” disponível na tela de login, onde aparecerá um espaço para informar o endereço de e-mail do seu usuário. Ao clicar no botão Enviar, será encaminhado um e-mail para o endereço informado, contendo a senha atual configurada para o usuário.

Sua empresa já está cadastrada no Portal Simula, e você já possui um usuário e senha para acesso. Seu próximo passo então é integrar com o Web Service para poder iniciar o envio de seus documentos NFC-e e CF-e SAT.

Padrão COPLAN

 

O padrão COPLAN apresenta as seguintes diferenças em relação ao padrão ABRASF:

1. Intermediário

É possível informar um intermediário do serviço, porém a prefeitura não valida esta possibilidade.

2. Substituição

Não é possível efetuar uma substituição de Nfse.

  1. Exemplo XML

Veja o exemplo de XML de envio, clicando aqui.

Obs: Se o prestador não for optante pelo simples nacional ou se o ISS não for retido, a alíquota do ISS informada no XML não é recebido pela prefeitura.

Padrão COPLAN – Antigo

 

O padrão COPLAN apresenta as seguintes diferenças em relação ao padrão ABRASF:

1. Intermediário

É possível informar um intermediário do serviço, porém a prefeitura não valida esta possibilidade.

2. Substituição

Não é possível efetuar uma substituição de NFS-e.

3. Natureza da Operação

O campo Natureza da Operação utiliza os seguintes valores:

Natureza de Operação

Obs: Se o prestador não for optante pelo simples nacional ou se o ISS não for retido, a alíquota do ISS informada no XML não é recebido pela prefeitura.

4. Exemplo XML

Acesse o exemplo de XML de envio, clicando aqui.

Padrão CENTI – Antigo

 

O padrão CENTI possui diversas particularidades que devem ser vistas durante a integração do seu ERP.

Primeiramente, o padrão não possui web service de homologação. O serviço de testes apenas valida a estrutura e algumas informações e retornando apenas “TESTE REALIZADO COM SUCESSO”. Neste caso o InvoiCy irá marcar a nota como efetivada, porém é necessário ressaltar que nenhuma informação é salva na prefeitura.

O padrão CENTI não disponibiliza serviços de consulta, cancelamento e substituição via web service. Portanto, ao cancelar um registro no InvoiCy, ele apenas será marcado como cancelado necessitando o contribuinte entrar em contato com a secretaria de finanças do município para cancelar.

Obs: Durante a integração tentamos realizar um cancelamento através do site da prefeitura, porém o sistema retornou uma mensagem de que não é possível cancelar.

Cancelamento NFS-e

No cadastro da empresa no InvoiCy é necessário informar os campos usuário e senha de autenticação de login no sistema do município.

– A impressão do PDF da nota no modelo gerado pela prefeitura está disponível apenas no ambiente de produção. Ao cadastrar a empresa em produção, verificar nos dados da empresa se a opção Impressão Prefeitura está cadastrada como SIM.

1.Natureza da Operação.

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

Natureza de Operação

2.Exemplo de XML

Clique aqui, e visualize um exemplo de XML para emissão no padrão CENTI.

 

Padrão CENTI

 

O padrão CENTI possui diversas particularidades que devem ser vistas durante a integração do seu ERP.

Primeiramente, o padrão não possui web service de homologação. O serviço de testes apenas valida a estrutura e algumas informações e retornando apenas “TESTE REALIZADO COM SUCESSO”. Neste caso o InvoiCy irá marcar a nota como efetivada, porém é necessário ressaltar que nenhuma informação é salva na prefeitura.

O padrão CENTI não disponibiliza serviços de consulta, cancelamento e substituição via web service. Portanto, ao cancelar um registro no InvoiCy, ele apenas será marcado como cancelado necessitando o contribuinte entrar em contato com a secretaria de finanças do município para cancelar.

Obs: Durante a integração tentamos realizar um cancelamento através do site da prefeitura, porém o sistema retornou uma mensagem de que não é possível cancelar.

Cancelamento NFS-e

No cadastro da empresa no InvoiCy é necessário informar os campos usuário e senha de autenticação de login no sistema do município.

– A impressão do PDF da nota no modelo gerado pela prefeitura está disponível apenas no ambiente de produção. Ao cadastrar a empresa em produção, verificar nos dados da empresa se a opção Impressão Prefeitura está cadastrada como SIM.

A natureza da operação segue o modelo ABRASF 2.0.

Veja o Exemplo de XML para emissão no padrão CENTI.