Padrão ISS On-line Supernova – Antigo

O Padrão ISS On-line Supernova segue o modelo ABRASF 2.01, oferecendo também suporte à tecnologia de Web Services. Os Web Services utilizados são Recepção de Lote de RPS Assíncrono, Consulta de Lote de RPS e Consulta de NFS-e por RPS. Abaixo estão descritas as particularidades deste novo padrão:

1. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota;
  • Substituição de NFS-e;
  • Envio de RPS sem tomador de serviços;
  • Cancelamento de NFS-e via Web Service.

2. Cancelamento de NFS-e

O sistema ISS On-line não dispõe de cancelamento de NFS-e via Web Services. Devido a isso, realizar o cancelamento somente na plataforma InvoiCy não cancela a NFS-e junto a prefeitura, assim, o contribuinte deverá solicitar o mesmo no sistema web disponibilizado pela sua prefeitura:

a) Acesso do contribuinte:

1

b) Menu de acesso à Consulta de NFS-e:

2

c) Consulta de NFS-e: clique no link “Requisitar Cancelamento”

3

d) Requisição de Cancelamento: deve-se informar as informações solicitadas, após clicar em “Salvar”

4

Após este procedimento, a prefeitura irá averiguar o pedido de cancelamento e realizar as ações necessárias.

3. Número e Série do RPS

O prestador deverá entrar em contato com a prefeitura para saber qual é a Série a ser utilizada para a emissão de suas NFS-e, pois o sistema não permite a utilização de Séries aleatórias.

4. Substituição de RPS

O sistema não permite a substituição de RPS, pois o cancelamento das NFS-e deve ser realizado diretamente no sistema web da prefeitura.

5. Tomador

O sistema da prefeitura não permite o envio de um Lote de RPS contendo RPS sem Tomador.

6. Senha e Palavra Secreta

A comunicação com os Web Services requer o uso da senha e da palavra secreta, as mesmas utilizadas para acesso à área do contribuinte no sistema web disponibilizado pela prefeitura.

Na plataforma InvoiCy, a Senha deve ser informada no campo “Senha Autent.” E a Palavra Secreta deve-se informar no campo “Chave primária Autent.”, como mostra o exemplo abaixo.

5

7. Exemplo de XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy.

Padrão ISS On-line Supernova

O Padrão ISS On-line Supernova segue o modelo ABRASF 2.01, oferecendo também suporte à tecnologia de Web Services. Os Web Services utilizados são Recepção de Lote de RPS Assíncrono, Consulta de Lote de RPS e Consulta de NFS-e por RPS. Abaixo estão descritas as particularidades deste novo padrão:

1. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota;
  • Substituição de NFS-e;
  • Envio de RPS sem tomador de serviços;
  • Cancelamento de NFS-e via Web Service.

2. Cancelamento de NFS-e

O sistema ISS On-line não dispõe de cancelamento de NFS-e via Web Services. Devido a isso, realizar o cancelamento somente na plataforma InvoiCy não cancela a NFS-e junto a prefeitura, assim, o contribuinte deverá solicitar o mesmo no sistema web disponibilizado pela sua prefeitura.

a) Acesso do contribuinte:

1

b) Menu de acesso à Consulta de NFS-e:

2

c) Consulta de NFS-e: clique no link “Requisitar Cancelamento”

3

d) Requisição de Cancelamento: deve-se informar as informações solicitadas, após clicar em “Salvar”

4

Após este procedimento, a prefeitura irá averiguar o pedido de cancelamento e realizar as ações necessárias.

3. Número e Série do RPS

O prestador deverá entrar em contato com a prefeitura para saber qual é a Série a ser utilizada para a emissão de suas NFS-e, pois o sistema não permite a utilização de Séries aleatórias.

4. Substituição de RPS

O sistema não permite a substituição de RPS, pois o cancelamento das NFS-e deve ser realizado diretamente no sistema web da prefeitura.

5. Tomador

O sistema da prefeitura não permite o envio de um Lote de RPS contendo RPS sem Tomador.

6. Senha e Palavra Secreta

A comunicação com os Web Services requer o uso da senha e da palavra secreta, as mesmas utilizadas para acesso à área do contribuinte no sistema web disponibilizado pela prefeitura.

Na plataforma InvoiCy, a Senha deve-se ser informada no campo “Senha Autent.” E a Palavra Secreta deve-se informar no campo “Chave primária Autent.”, como mostra o exemplo abaixo.

5

7. Exemplo de XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy.

Padrão JGBAIAO – Antigo

O padrão JGBAIAO segue inicialmente o modelo Abrasf 2.0, porém possui diversas particularidades que devem ser vistas durante a integração do seu ERP.

1. Usuário e Senha de Autenticação:

No cadastro da empresa no InvoiCy é necessário informar os campos usuário e senha de autenticação de login no sistema do município.

2. Ambiente de Homologação

Deve-se fazer a solicitação do serviço de homologação enviando um e-mail para a prefeitura tributos@paraibanet.com.br, para fazer a liberação da base em homologação conforme informações que são passadas pelo setor.

3. Alíquota

O valor de ISS e a alíquota de ISS não serão enviados para a prefeitura pois isso ocasiona rejeição do XML. Desta forma, a prefeitura realiza os cálculos com base na alíquota que a empresa tem cadastrada no município. Entretanto o usuário poderá informa-los normalmente para que apareça no espelho da nota no InvoiCy.

4. Município de incidência

É obrigatório informar o município de incidência, mesmo que tributação seja do próprio município.

5. Tomador do Estrangeiro

Se o tomador for estrangeiro, não deverá informar CPF/CNPJ, código do município, UF nem CEP.

6. Cancelamento/Substituição

O município somente permite cancelar ou substituir notas com tomador declarado, conforme a mensagem de erro: “Cancelamento de NFS-e com tomador do serviço não informado não pode ser feito por esse serviço. – O cancelamento de uma NFS-e com tomador do serviço não informado deverá ser feito por meio de processo administrativo aberto na repartição fazendária. ”

Neste caso deverá entrar em contato diretamente com a prefeitura para cancelar a nota.

7. Impressão de NFS-e da prefeitura

A impressão em PDF para modelo gerado pela prefeitura não está disponível.

8. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF para empresas que não utilizam tabela unificada.

natOP

9. XML de exemplo:

Veja um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e, acessando aqui.

 

Padrão JGBAIAO

 

O padrão JGBAIAO segue inicialmente o modelo Abrasf 2.0, porém possui diversas particularidades que devem ser vistas durante a integração do seu ERP.

1. Usuário e Senha de Autenticação:

No cadastro da empresa no InvoiCy é necessário informar os campos usuário e senha de autenticação de login no sistema do município.

2. Ambiente de Homologação

Deve-se fazer a solicitação do serviço de homologação enviando um e-mail para a prefeitura tributos@paraibanet.com.br, para fazer a liberação da base em homologação conforme informações que são passadas pelo setor.

3. Alíquota

O valor de ISS e a alíquota de ISS não serão enviados para a prefeitura pois isso ocasiona rejeição do XML. Desta forma, a prefeitura realiza os cálculos com base na alíquota que a empresa tem cadastrada no município. Entretanto o usuário poderá informa-los normalmente para que apareça no espelho da nota no InvoiCy.

4. Município de incidência

É obrigatório informar o município de incidência, mesmo que tributação seja do próprio município.

5. Tomador do Estrangeiro

Se o tomador for estrangeiro, não deverá informar CPF/CNPJ, código do município, UF nem CEP.

6. Cancelamento/Substituição

O município somente permite cancelar ou substituir notas com tomador declarado, conforme a mensagem de erro: “Cancelamento de NFS-e com tomador do serviço não informado não pode ser feito por esse serviço. – O cancelamento de uma NFS-e com tomador do serviço não informado deverá ser feito por meio de processo administrativo aberto na repartição fazendária. ”

Neste caso deverá entrar em contato diretamente com a prefeitura para cancelar a nota.

7. Impressão de NFS-e da prefeitura

A impressão em PDF para modelo gerado pela prefeitura não está disponível.

8. Exemplo de XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy.

Versão 1.13.2.0 – mais detalhes

Confira todas as alterações realizadas na versão 1.13.2.0 do InvoiCy:

Código da solicitação – Descrição

4053 – Reordenar campos no Wizard de cadastro de empresas
4346 – Comunicação entre módulos
4365 – Permitir certificado .P12 no Wizard de cadastro de empresas
4401 – Retornar DocEveId na consulta de documentos
4574 – Cópia da Chave de Acesso – Detalhes dos Documentos
5011 – Exportar documentos para Excel – várias empresas
4735 – Consulta de Documentos
4778 – Retorno do DocSitCodigo na consulta de documentos
4873 – Emissão de documentos sem o certificado digital
4884 – InvoiCy não consegue sair da contingência
4930 – 602 – Não foi encontrado um Web Service para enviar este documento
4996 – Filtro na tela de bloqueios permanentes
5051 – Tratamento de documentos inválidos
4985 – Rejeição – assinatura difere do calculado
5126 – Ajustar filtros de data nas telas do painel de controle

Solicitações do Módulo NF-e:

5061 – Impressão da logomarca no DANFE da NF-e
4114 – Falha na importação de NF-e via e-mail

 

Release Notes – Versão 1.13.2.0

Versão 1.13.2.0 – 07/03/2016

Reordenar campos no cadastro de empresas

Nessa versão do InvoiCy a tela de Wizard do cadastro de empresas foi reordenada, de forma a ficar semelhante a tela de Meus Dados da empresa, para facilitar a visualização e entendimento das informações por parte dos usuários.

Permitir certificado .P12 no Wizard de cadastro de empresas

A partir dessa versão o InvoiCy passa a aceitar também certificados com extensão .p12. Agora ao cadastrar uma nova empresa ou alterar o certificado de uma empresa já existente, será possível informar certificados com extensão .p12 ou .pfx.

Emissão sem o certificado digital

Ao emitir um documento sem possuir um certificado digital vinculado a empresa, o mesmo não será assinado e nem enviado para a SEFAZ. Nessa situação o documento ficará com status Pendente, e o usuário receberá como retorno o código 104 – Certificado digital não informado, importe o certificado de sua empresa para emitir.

Detalhamento da versão

Para conhecer todas as modificações realizadas nessa versão, clique aqui.

 

Relatório de documentos não verificados e faltantes

Última atualização em: 06 de maio, 2016

 

Buscando facilitar para os usuários efetuarem o controle dos documentos emitidos por suas empresas, disponibilizou-se no InvoiCy um relatório de documentos não verificados e faltantes, onde será possível identificar falhas no sequencial da numeração de documentos emitidos para todos os modelos.

Os principais motivos que podem ocasionar falhas no sequencial de envio dos documentos são:

– Documentos emitidos que ainda não estão com status: Autorizado, Cancelado, Inutilizado ou Denegado;

– Pulo de numeração no aplicativo emissor;

– Falha do aplicativo emissor no envio do documento;

– Documentos emitidos que permanecem com status: Pendente, Rejeitado, Contingência Offline, Em conflito, EPEC ou Necessita interação.

É importante destacar que o acesso à essa tela será permitido apenas para usuários Administradores e Parceiros, ou que possuírem configurada a opção “Relatórios – Documentos” nas configurações de usuário, como demonstra a imagem abaixo.

IMG

Para acessar a tela de geração de relatórios basta ir até o “Painel de Controle”, e no grupo “Sistema” clicar sobre o ícone “Relatórios”, como demonstrado na imagem a seguir.

Então na aba “Documentos” é possível informar o período desejado, escolher o modelo de documento que se deseja verificar, selecionar as empresas e clicar no botão “Gerar” para visualizar o relatório. A imagem abaixo representa a tela para geração do relatório. Destacando que deve-se gerar um relatório específico para verificação de cada modelo de documento.

No período de até 31 dias o relatório é gerado na hora, mas acima disso o processo será agendado, solicitando ao usuário a informação de um endereço de e-mail para receber o relatório após a geração do mesmo. Destacando que não será permitido gerar relatórios de um período maior que 6 meses, para não afetar a performance do processo.

Ao clicar no botão “Gerar”, pode-se optar por gerar um relatório resumido ou detalhado. Ao optar pela opção resumida, será apresentado o total de documentos faltantes por série e período, e apresentado o último documento recebido, juntamente com sua data de emissão, até o primeiro número faltante da série e modelo correspondentes. Com esta data do documento anterior ao faltante é possível que o usuário já identifique o período das falhas. Veja exemplo do relatório resumido abaixo.

Ao optar pela versão detalhada, irá exibir uma lista com os documentos não verificados ou faltantes por série e período. Se o documento não existir no InvoiCy, aparecerá no relatório com status Faltante. Já se o documento existir, será exibido o status atual do mesmo.

Ambos os relatórios apresentarão em seus cabeçalhos o CNPJ da empresa, período e modelo de documento selecionado. E na sequência apresentarão os dados de acordo com o seu tipo, resumido ou detalhado. Ao gerar os relatórios para múltiplas empresas, serão apresentadas as informações de uma empresa por página. E caso não tenha números faltantes será apresentada uma mensagem ao usuário sobre a inexistência de números faltantes no período selecionado.

Relatórios FTP

Última atualização em: 06 de maio, 2016

 

Com o objetivo de permitir aos usuários fazer uma conferência dos documentos emitidos pelo seu ERP, e verificar quais documentos foram exportados e o que ainda falta exportar, disponibilizou-se a geração do Relatório FTP com informações dos documentos exportados pela empresa.

Esse relatório permite ao usuário definir uma data e selecionar as suas empresas, para então gerar um relatório e conseguir verificar o que trafegou no dia, ou seja, quais documentos foram recebidos e exportados.

É importante destacar que o acesso à essa tela será permitido apenas para usuários Administradores e Parceiros, ou que possuírem configurada a opção “Relatórios – Exportação FTP” nas configurações de usuário, como demonstra a imagem abaixo.

IMG

Para acessar a tela de geração de relatórios basta ir até o “Painel de Controle”, e no grupo “Sistema” clicar sobre o ícone “Relatórios”, como demonstrado na imagem a seguir.

Então na aba “Exportação FTP” é possível informar a data desejada, selecionar as empresas e clicar no botão “Gerar” para visualizar o relatório. A imagem abaixo representa a tela para geração do relatório.

IMG

Esse relatório exibe o horário inicial da exportação juntamente com a quantidade de NFC-e e CF-e SAT exportadas na data informada, separando os documentos por status, e exibindo um totalizador de cada quantidade de documento exportado e emitido no dia, como pode-se visualizar na imagem abaixo.

Destacando que a coluna “Total NFC-e exportada” não considera eventos de cancelamento, pois pode ocorrer de ter um documento autorizado exportado e posteriormente ter exportado o evento de cancelamento desse mesmo documento. Assim, o total de documentos é realmente de fato o total que foi emitido pela empresa naquele sequencial.

O “Total exportado” representa o total de arquivos exportados pela empresa no dia. E o “Total emitido” representa o total de documentos emitidos pela empresa no dia. Ao selecionar várias empresas para geração do relatório, as informações de cada empresa serão apresentadas em páginas separadas.

Se ocorrer algum problema durante o processo de exportação também será exibido no final do relatório, onde para cada empresa serão apresentadas mensagens de log sobre as falhas ocorridas e o horário em que as mesmas ocorreram.