Padrão Tributos Municipais

 

O padrão Tributos Municipais segue inicialmente o modelo TXT, porém possui algumas particularidades que devem ser vistas durante a integração do seu ERP.

1. Alíquota

Os campos de alíquota e valor do ISS devem ser informados apenas quando o item de serviço da empresa obrigar a informar tais campos. O campo deve estar cadastrado no Sistema de Tributação da Prefeitura.

2. Item da Lista de Serviço

O Item da Lista de Serviço deve estar cadastrado no sistema da prefeitura com seu respectivo código CNAE.

3. Importação de notas no Site da prefeitura

Ao enviar um RPS para o InvoiCy, o sistema retorna o arquivo txt que deverá ser feito o upload no site da prefeitura. Após o upload o arquivo é validado e os erros ou notas são apresentados em tela solicitando a confirmação.

EnvioRPS

ListaRPS

DadosRPS

4. Exportação da nota

Para atualizar posteriormente o status do RPS no InvoiCy é necessário exportar as notas no site da prefeitura no formato CSV e enviar para o InvoiCy. Procura-se pelas notas emitidas:

Emitidas

Em seguida na Consulta da NFS-e possuem filtros opcionais que o sistema dispõe como pode-se ver a seguir:

Filtros

Como pode-se observar na figura anterior utilizou-se o filtro 3 que possui como base o número do RPS e a série. Na figura seguinte a NFS-e consultada trazendo informações do Tomador, Quantidade de Notas Fiscais entre outras informações relevantes. Observa-se acima que possui o botão “ Exportar Notas Geradas”, portanto pode-se exportar todas as notas que se gerou dentro de determinada consulta.

ConsultaNFSe

5. Impressão de NFS-e da prefeitura

A impressão em PDF para modelo gerado pela prefeitura não está disponível.

6. Cancelamento

Para efetuar o cancelamento de uma nota deve-se enviar a mesma nota apenas alterando o campo Situação do RPS para ‘C’.

7. Exemplo de XML:

Para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy, clique aqui.

 

Padrão Tributos Municipais – Antigo

 

O padrão Tributos Municipais segue inicialmente o modelo TXT, porém possui algumas particularidades que devem ser vistas durante a integração do seu ERP.

1. Alíquota

Os campos de alíquota e valor do ISS devem ser informados apenas quando o item de serviço da empresa obrigar a informar tais campos. O campo deve estar cadastrado no Sistema de Tributação da Prefeitura.

2. Item da Lista de Serviço

O Item da Lista de Serviço deve estar cadastrado no sistema da prefeitura com seu respectivo código CNAE.

3. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF para empresas que não utilizam tabela unificada.

NatOp

4. Importação de notas no Site da prefeitura

Ao enviar um RPS para o InvoiCy, o sistema retorna o arquivo txt que deverá ser feito o upload no site da prefeitura. Após o upload o arquivo é validado e os erros ou notas são apresentados em tela solicitando a confirmação.

EnvioRPS

ListaRPS

DadosRPS

5. Exportação da nota

Para atualizar posteriormente o status do RPS no InvoiCy é necessário exportar as notas no site da prefeitura no formato CSV e enviar para o InvoiCy. Procura-se pelas notas emitidas:

EmitidasEm seguida na Consulta da NFS-e possuem filtros opcionais que o sistema dispõe como pode-se ver a seguir:

Filtros

Como pode-se observar na figura anterior utilizou-se o filtro 3 que possui como base o número do RPS e a série. Na figura seguinte a NFS-e consultada trazendo informações do Tomador, Quantidade de Notas Fiscais entre outras informações relevantes. Observa-se acima que possui o botão “ Exportar Notas Geradas”, portanto pode-se exportar todas as notas que se gerou dentro de determinada consulta.

ConsultaNFSe

6. Impressão de NFS-e da prefeitura

A impressão em PDF para modelo gerado pela prefeitura não está disponível.

7. Cancelamento

Para efetuar o cancelamento de uma nota deve-se enviar a mesma nota apenas alterando o campo Situação do RPS para ‘C’.

8. XML de exemplo:

Veja o exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e, clicando aqui.

Padrão Primax Online

 

O Padrão Primax Online não segue nenhum modelo ABRASF, porém oferece suporte à tecnologia de Web Services. Os Web Services utilizados são Recepção de Lote de RPS, Consulta de Lote de RPS e Consulta de NFS-e por RPS e Cancelamento de NFS-e. Abaixo estão descritas as particularidades deste novo padrão:

 1. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota;
  • Substituição de NFS-e;

2. Número e Série do RPS

A numeração do RPS deve ser sequencial e não deve ser reiniciada ao trocar de série.

3. Tomador

O sistema da prefeitura não permite o envio de um Lote de RPS contendo RPS sem Tomador.

4. Ambiente de Homologação

Quando a nota é emitida para homologação (no InvoiCy) o sistema utiliza um método de testes, que retorna apenas se existem erros no RPS. Caso não existem erros, o InvoiCy marca o RPS como efetivado, para que o usuário tenha um feedback, mas a prefeitura não gera número da nota e código de verificação quando o ambiente é de homologação. Não é possível realizar a consulta nem cancelamento (estas ações somente estão disponíveis no ambiente de produção).

5. Usuário e Senha

A comunicação com os Web Services requer o uso de usuário e senha, as mesmas utilizadas para acesso à área do contribuinte no sistema web disponibilizado pela prefeitura. No InvoiCy, o usuário e senha devem ser informados de acordo com o exemplo apresentado na imagem.

UsuSen

6. Natureza da Operação

O padrão Primax Online utiliza os mesmos valores de Natureza da Operação do modelo Abrasf 2 na tabela unificada.

Veja um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e, clicando aqui.

Padrão Primax Online – Antigo

O Padrão Primax Online não segue nenhum modelo ABRASF, porém oferece suporte à tecnologia de Web Services. Os Web Services utilizados são Recepção de Lote de RPS, Consulta de Lote de RPS e Consulta de NFS-e por RPS e Cancelamento de NFS-e. Abaixo estão descritas as particularidades deste novo padrão:

1. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota;
  • Substituição de NFS-e;

2. Natureza da Operação

O padrão Primax Online utiliza os mesmos valores de natureza da operação do modelo Abrasf 2, que são:

NatOp

3. Número e Série do RPS

A numeração do RPS deve ser sequencial e não deve ser reiniciada ao trocar de série.

4. Tomador

O sistema da prefeitura não permite o envio de um Lote de RPS contendo RPS sem Tomador.

5. Ambiente de Homologação

Quando a nota é emitida para homologação (no InvoiCy) o sistema utiliza um método de testes, que retorna apenas se existem erros no RPS. Caso não existem erros, o InvoiCy marca o RPS como efetivado, para que o usuário tenha um feedback, mas a prefeitura não gera número da nota e código de verificação quando o ambiente é de homologação. Não é possível realizar a consulta nem cancelamento (estas ações somente estão disponíveis no ambiente de produção).

6. Usuário e Senha

A comunicação com os Web Services requer o uso de usuário e senha, as mesmas utilizadas para acesso à área do contribuinte no sistema web disponibilizado pela prefeitura. No InvoiCy, o usuário e senha devem ser informados de acordo com o exemplo apresentado na imagem.

UsuSen

Para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e, clique aqui.