Padrão DEISS – Antigo

 

O Padrão DEISS é do tipo TXT, não disponibilizando Web Services para Recepção dos RPS, sendo necessário realizar download do Software DEISS disponibilizado no site da prefeitura de Indaiatuba/SP. Abaixo, estão descritas as particularidades deste padrão:

1. Número e Série única do RPS

O sistema DEISS não faz uso de Série para a emissão de NFS-e, obrigando assim que o prestador utilize somente uma ÚNICA série e consequentemente não repita os números de RPS, utilizando-os sempre de forma sequencial.

2. Natureza da Operação

Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema DEISS:

Tabela
3. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota;
  • Recepção de RPS sem Tomador;
  • Não dispõe de ambiente de homologação.

4. Instalação DEISS

Primeiramente deve-se realizar o download da última versão do software DEISS Indaiatuba no portal da prefeitura, seguindo o caminho “Serviços->DEISS”:

Após o término da instalação, deve-se executar o software e nos campos correspondentes informar as credenciais de acesso cadastradas na prefeitura Inscrição Municipal/CNPJ e senha:

Para realizar a importação do arquivo gerado pelo InvoiCy, deve-se selecionar o menu “Nota Fiscal Eletrônica”, após deve-se clicar no botão “Importar Arquivo RPS”:

Após isso, deve-se clicar em “Verificar Arquivo”. Nessa etapa o sistema irá validar o arquivo importado, se o mesmo não apresentar nenhum problema, pode-se clicar em “Iniciar Emissão” para enviar as NFS-e à prefeitura, no entanto se houver algum problema o sistema mostrará que o mesmo existe e habilitará o botão “Inconsistências”, este permite ao contribuinte ver detalhadamente os problemas que ocorreram.

5. Tomador

O sistema DEISS requere obrigatoriamente a informação de CPF ou CNPJ do Tomador, no caso de empresas no exterior deve-se informar 99999999999999, já caso o contribuinte for pessoa física em regime especial de tributação deve-se informar o valor 00011111111111.

A informação do país do tomador é obrigatória para aqueles que residem fora do Brasil.

6. Substituição de NFS-e

Para realizar a substituição de uma NFS-e é importante lembrar de SEMPRE informar o Número do RPS e a Série da NFS-e a ser substituída (mesmo que a série para este padrão seja única).

7. Importação do Retorno

Como este padrão não tem suporte à Web Services, é necessário exportar um arquivo TXT contendo as informações das  NFS-e do sistema DEISS a fim de realizar a atualização do Status dos RPS emitidos na plataforma InvoiCy.

Veja um exemplo de XML enviado ao InvoiCy  clicando aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s