Padrão INFISC GARIBALDI

O Padrão INFISC GARIBALDI segue o padrão ABRASF. Segue abaixo as particularidades deste novo padrão:

1. Número e Série do RPS

O número da série é único obrigatoriamente. Para permitir a emissão de NFS-e, deve ser solicitada junto a prefeitura a liberação de uma numeração para emissão. Normalmente a série disponibilizada é a de valor ‘S’.

2. O sistema não permite:

  • Informar o Intermediário do serviço;
  • Substituição de RPS;
  • Efetivar uma nota sem Tomador;
  • Informar intermediário do serviço;
  • Enviar o caractere & nos dados do RPS.

 3. Cancelamento

O dia limite para o cancelamento de notas é até o dia 21 do mês subsequente, e somente é possível aplicar o cancelamento caso o mês não tenha sido encerrado.

4. Regime Tributário

Para informar os valores corretos do regime de tributação segue a seguinte tabela com as opções:

tabela4

5. Tipo de vencimento da Fatura

O vencimento da fatura deve ser informado conforme a seguinte tabela:

tabela5

6. Tipo de Emissão

Para informar corretamente o campo tipo de emissão deve-se informar os valores conforme a seguinte tabela:

tabela6

7. Tipo de placa do veículo

Placa de veículo com os possíveis seguintes formatos: XXX9999, XXX999, XX9999 ou XXXX999. Informar a placa em campo de Informações Adicionais quando tiver lei de formação diversa destes formatos e para placa da transportadora.

8. Tomador do Exterior

  • O CPF/CNPJ deve ser informado vazio;
  • O UF deve ser informado vazio;
  • O país deve ser informado a sigla correta conforme a Tabela de Código de Países – BACEN;
  • Código do Município deve ser informado vazio;
  • Não é permitido substituição tributária para tomadores de serviço do exterior.

9. Optante Simples Nacional

Quando o emissor não for optante simples nacional deve informar os seguintes campos vazios:

  • Grupo de serviços
    • Valor da base de cálculo do ISSQN
    • Valor do ISSQN
  • Grupo de Item
    • Valor da base de cálculo do ISSQN
    • Valor do ISSQN
    • Alíquota do ISSQN

10. Impressão

Possui a opção de impressão com o modelo da prefeitura.

11. Exemplo XML

Clicando aqui você verá um exemplo de XML de envio.

Padrão INFISC GARIBALDI – Antigo

O Padrão INFISC GARIBALDI segue o padrão ABRASF. Segue abaixo as particularidades deste novo padrão:

1. Número e Série do RPS

O número da série é único obrigatoriamente. Para permitir a emissão de NFS-e, deve ser solicitada junto a prefeitura a liberação de uma numeração para emissão. A série disponibilizada é a de valor ‘S’.

2. O sistema não permite:

  • Informar o Intermediário do serviço;
  • Substituição de RPS;
  • Efetivar uma nota sem Tomador;
  • Informar intermediário do serviço;
  • Enviar o caractere & nos dados do RPS.

 3. Cancelamento

O dia limite para o cancelamento de notas é até o dia 21 do mês subsequente, e somente é possível aplicar o cancelamento caso o mês não tenha sido encerrado.

4. Regime Tributário

Para informar os valores corretos do regime de tributação segue a seguinte tabela com as opções:

tabela

5. Tipo de vencimento da Fatura

O vencimento da fatura deve ser informado conforme a seguinte tabela:

tabela2

6. Tipo de Emissão

Para informar corretamente o campo tipo de emissão deve-se informar os valores conforme a seguinte tabela:

tabela3

7. Tipo de placa do veículo

Placa de veículo com os possíveis seguintes formatos: XXX9999, XXX999, XX9999 ou XXXX999. Informar a placa em campo de Informações Adicionais quando tiver lei de formação diversa destes formatos e para placa da transportadora.

8. Tomador do Exterior

  • O CPF/CNPJ deve ser informado vazio;
  • O UF deve ser informado vazio;
  • O país deve ser informado a sigla correta conforme a Tabela de Código de Países – BACEN;
  • Código do Município deve ser informado vazio;
  • Não é permitido substituição tributária para tomadores de serviço do exterior.

9. Optante Simples Nacional

Quando o emissor não for optante simples nacional deve informar os seguintes campos vazios:

  • Grupo de serviços
    • Valor da base de cálculo do ISSQN
    • Valor do ISSQN
  • Grupo de Item
    • Valor da base de cálculo do ISSQN
    • Valor do ISSQN
    • Alíquota do ISSQN

10. Impressão

Possui a opção de impressão com o modelo da prefeitura.

11. Exemplo

Clicando aqui você verá um exemplo de XML de envio.

Diferença entre o WS arecepcao.aspx e o WS aexportardocumentos.aspx


Última atualização em: 19 de dezembro, 2016

 

Para facilitar seu entendimento sobre quando usar o WS arecepcao.aspx ou o WS aexportardocumentos.aspx para efetuar a consulta de seus documentos elaboramos uma tabela comparativa, que lista as principais características e diferenças entre estes dois Web Services, como a forma de retorno, os filtros permitidos na consulta, os retornos obtidos e a quantidade de documentos retornados.

As possíveis combinações de filtros para as consultas em cada Web Service são as seguintes:

– Faixa de numeração: Deve informar o número inicial e final, juntamente com a série do documento.

– Chave de acesso: Informar apenas a chave de acesso do documento, obrigatório caso ocorra a consulta de um documento que não esteja na base de dados do InvoiCy. Neste caso o sistema irá consultar seu status junto a SEFAZ.

– Intervalo de datas de emissão: A data inicial e a data final de emissão deverão ser preenchidas, juntamente com o horário, caso desejar. Ao optar por essa forma de consulta, as tags de numeração e série deverão ser preenchidas com zero, ou removidas da estrutura do layout enviado, e as tags de datas de inclusão também deverão ser removidas.

2016-06-01T00:00:01
2016-06-30T23:59:00

– Intervalo de datas de inclusão: A data inicial e a data final de inclusão deverão ser preenchidas, juntamente com o horário, caso desejar. Ao optar por essa forma de consulta, as tags de numeração e série deverão ser preenchidas com zero, ou removidas da estrutura do layout enviado, e as tags de datas de emissão também deverão ser removidas.

– Por série: Informar apenas a série utilizada pela empresa, onde será retornada a numeração do último documento emitido para a respectiva série.

Vale ressaltar que deve-se optar por apenas uma destas opções de consulta por requisição ao Web Service, caso seja informada mais de uma o sistema irá buscar os documentos pela primeira forma de consulta encontrada, seguindo a ordem descrita acima.

– Status do documento: Juntamente com as formas de consulta listadas acima, é possível ainda filtrar pelo status específico do documento, informando na tag os possíveis status listados a seguir:

1 – Pendente; 2 – Autorizado; 3 – Rejeitado; 4 – Necessita interação; 5 – Cancelado; 6 – Inutilizado; 7 – Aguardando Consulta; 8 – Encerrado; 9 – Em Conflito; 10 – EPEC; 11 – Contingência off-line; 12 – Denegado; 13 – Contingência FS-DA.

Na tabela a seguir são destacados quais os filtros aceitos para cada WS em específico.

Particularidades WS arecepcao.aspx WS aexportardocumentos.aspx
Layout XML Download Download
Forma de retorno Síncrono, retornando os arquivos XML em formato Base64. Assíncrono, retornando os arquivos XML compactados em formato .zip, convertido para Base64.
Limite de documentos retornados 100 documentos, mas este valor pode ser alterado para menos, sempre em escala de 50 em 50. Salientando que não será retornado nenhum documento quando o limite for excedido. Os lotes serão compostos por no máximo 50 arquivos, e ao consultar uma quantidade maior os documentos serão retornados mesmo assim. Por exemplo, se a exportação for de 100 arquivos serão gerados 2 protocolos contendo 50 arquivos cada.
Consulta pelo status específico de um documento Sim Sim
Consulta por faixa de numeração e série Sim. É possível consultar informando apenas a série utilizada pela empresa. Sim
Consulta informando a chave de acesso de um documento Sim Não, pois o objetivo desse WS é retornar lotes de arquivo, por isso não se aplica a consulta por uma chave de acesso específica.
Consulta por intervalo de datas de emissão Sim. Não possui um limite de dias. Sim. Destacando que o período de datas informado não pode ultrapassar 31 dias.
Consulta por intervalo de datas de inclusão Sim. Não possui um limite de dias. Sim. Destacando que o período de datas informado não pode ultrapassar 31 dias.
Consulta de um resumo do documento Sim Sim
Retorno do XML completo na consulta Sim Sim
Retorno do link do XML na consulta Sim Não, pois o objetivo desse WS é disponibilizar a exportação dos documentos, por isso não é retornado o link para download do arquivo XML.
Retorno do PDF em Base64 na consulta Sim Sim
Retorno do link do PDF na consulta Sim Não, pois o objetivo desse WS é disponibilizar a exportação dos documentos, por isso não é retornado o link para download do arquivo PDF.
Retorno dos Eventos na consulta Sim Sim
Sugestão de uso Indicado para efetuar a consulta de poucos documentos, devido a limitação de retorno de apenas 50 documentos. Indicado para efetuar a exportação de um grande volume de documentos, devido a possibilidade de exportar vários lotes.