Padrão eISS.Net Upload

Última atualização em: 26 de abril, 2018

O Padrão eISS.Net utiliza um modelo próprio de layout de XML, no entanto não tem suporte à tecnologia de Web Services, sendo necessário realizar o upload dos arquivos no site da prefeitura.

O padrão possui apenas ambiente de produção disponível, permitindo apenas testes neste ambiente.

A natureza da operação segue a tabela unificada do layout de integração. Outras particularidades são listadas abaixo:

1. O sistema não permite:

– Consulta de RPS e NFS-e;
– Inutilização da Nota;
– Substituição de RPS;
– Informar o intermediário do serviço;
– Informar valores de desconto (informações desse tipo poderão ser declaradas no campo da discriminação do serviço);
– Informar CNAE e o código do país;
– Tomador estrangeiro.

2. Número e Série do RPS

A série a ser utilizada ao efetuar o envio de notas deve ser a padrão estipulada pela prefeitura do seu município. Caso o contribuinte já possua notas enviadas no sistema da prefeitura deverá utilizar a série que está definida nas notas anteriores, se o mesmo não possuir notas verificar com o município qual a devida série a ser enviada.

3. Efetuando importações, cancelamento e impressão de RPS

Efetue o login com usuário e senha solicitados na prefeitura do seu município e trará a Página Inicial. Nesta interface tem-se o acesso à todos os serviços disponibilizados pelo sistema da prefeitura, incluindo aqueles de maior relevância fiscal ao contribuinte que é a importação de arquivos e as informações de seu período fiscal e das notas fiscais eletrônicas como se apresenta na imagem abaixo:

Após acessar a opção de Importar Arquivo, tem-se acesso à tela de importação de Notas Fiscais, correspondente ao local que deve-se efetuar a importação do RPS que foi gerado no InvoiCy. Possuindo também a opção de Histórico de Importações, onde você poderá ter acesso aos RPS rejeitados ou autorizados e convertidos para Notas Fiscais de Serviço Eletrônica pelo sistema da prefeitura.

Após efetuar a importação de qualquer RPS automaticamente o contribuinte possuirá a opção de fazer o download do retorno do RPS. Esse retorno é necessário para efetuar a atualização e conversão de Notas Fiscais no InvoiCy, logo deve ser realizada.

Algumas regras básicas e simples devem ser seguidas para que a ocorrência do retorno desse RPS importado seja autorizado com sucesso:

  • Informar corretamente os campos obrigatórios como alíquota, valores de serviço da nota e suas deduções, item da lista de serviço, exigibilidade do ISS e município de incidência.

Caso os campos obrigatórios não foram informados, o sistema da prefeitura trará no arquivo de retorno o código de erro -1. Este erro deve ser corrigido para reenviar a nota e autorizá-la.

Alguns campos podem deixar de ser informados de forma que o sistema da prefeitura retornará o código de erro -2, mas junto desse retorno haverá o número da NFS-e, código de verificação e sua série, logo essa nota pode ser importada normalmente no InvoiCy ocasionando autorização da NFS-e, portanto é de extrema importância que todos os retornos devam ser exportados e consequentemente analisados, devendo ser importados apenas os retornos de sucesso e com o código de erro -2, pois os dois tipos foram convertidos em NFS-e.

Na tela de Histórico de Importações tem-se todos os RPSs importados por aquele contribuinte até o momento, possuindo notas com sucesso e erro, ambos devem ser analisados. Nessa mesma tela exibe-se a opção de importar devendo ser acessado sempre Serviços Prestados, pois a prefeitura não disponibiliza importação de serviços tomados no formato XML.

Acessando a tela de Inicio do sistema da prefeitura possuímos o ícone destacado com o nome Nota Eletrônica, que seguirá para a seguinte tela de Nota Fiscal de Serviço Prestado, que possui as informações do seu período Fiscal, geralmente o último período criado e em aberto pelo contribuinte, possui também as informações das Notas Fiscais com o número da NFS-e importada, o dia de importação, CPF/CNPJ do tomador e o valor da nota fiscal. Selecionando a nota pode-se ter o acesso se ela está ativa ou cancelada. A opção de cancelamento está logo abaixo da nota, e as opções de impressão e exportação da NFS-e, essa exportação não se faz necessária para o InvoiCy pois o mesmo já possui registro fiscal do retorno da importação, descrito no passo anterior.

Ao acessar o cancelamento possuirá a tela onde deve-se marcar ‘Sim, cancelar’ e as notas serão enviadas ao seu devido emissor.

4. Natureza da Operação

Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema:

5. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo do XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s