Padrão SIGCorp Sarandi

Última atualização em: 04 de julho, 2018

O Padrão SIGCORP Sarandi utiliza um modelo próprio de layout de XML. Abaixo estão detalhadas as particularidades deste padrão.

Importante:

Ao cadastrar uma nova empresa deverão ser preenchidos os campos de ‘Usuário’ e ‘Senha’ de autenticação nas configurações de NFS-e da empresa. Este usuário e senha devem ser solicitados com a prefeitura do seu município.

1. O sistema não permite:

– Inutilização da Nota;
– Substituição de RPS;
– Informar o intermediário do serviço;
– Informar valores de desconto (informações desse tipo poderão ser declaradas no campo da discriminação do serviço);
– Informar CNAE e o código do país;
– Informar o valor da alíquota quando o contribuinte não for Optante do Simples Nacional.

2. Número e Série do RPS

O Padrão SigCORP Sarandi não permite que haja repetição do número de RPS, pois o mesmo não diferencia Séries de RPS, portanto cada número de RPS é único, independente de qual for a Série utilizada.

3. Tomador estrangeiro

Para efetuar a correta emissão de notas fiscais para o estrangeiro deve-se deixar de informar os seguintes campos:

– Bairro;
– CEP;
– Código do município;
– Endereço;
– Número;
– CNPJ;

Devendo ser informado apenas a razão social do tomador do serviço.

4. Natureza da Operação

Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema SigCORP Botucatu:

Natureza da operação

5. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s