Padrão SafeWeb

Última atualização em: 29 de outubro, 2018

O Padrão SafeWeb segue o modelo padronizado ABRASF 1.0. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Substituição de NFS-e;
  • Inutilização de NFS-e.

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço.

3. Tomador do exterior

  • O campo de Exigibilidade ISS deve ser informado 4, conforme layout (Exportação);
  • Informar o código do país dentro do grupo de serviço.

4. Código CNAE

  • O código CNAE segue a regras legislativas do município, devendo sendo informado, quando houver Alíquota e item da Lista de Serviço.

5. Impressão

  • Não possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

6. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

Natureza da operação

7. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

Regime Especial de Tributação

8. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s