Padrão AWATAR WS

Última atualização em: 03 de janeiro, 2019

O Padrão Awatar WS segue o modelo próprio. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Impressão do RPS no modelo da prefeitura;
  • Inutilização de Notas;
  • Intermediário do serviço.

2. Solicitação na prefeitura

  • Para realizar a emissão via web service o cliente deve solicitar na prefeitura do seu município o usuário e senha. No wizard de cadastro do InvoiCy BR deverá ser informado o usuário e senha nos campos de usuário e senha de autenticação.

3. Código CNAE

  • O código CNAE segue a regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios não possui a exigência para informar, portanto mantendo em branco.

4. Impressão

  • Possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

5. Formas de pagamento

As formas de pagamento devem ser seguidas conforme a tabela relacional do município:

6. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão próprio do município:

7. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Padrão SafeWeb

Última atualização em: 29 de outubro, 2018

O Padrão SafeWeb segue o modelo padronizado ABRASF 1.0. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Substituição de NFS-e;
  • Inutilização de NFS-e.

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço.

3. Tomador do exterior

  • O campo de Exigibilidade ISS deve ser informado 4, conforme layout (Exportação);
  • Informar o código do país dentro do grupo de serviço.

4. Código CNAE

  • O código CNAE segue a regras legislativas do município, devendo sendo informado, quando houver Alíquota e item da Lista de Serviço.

5. Impressão

  • Não possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

6. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

Natureza da operação

7. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

Regime Especial de Tributação

8. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Padrão Città

Última atualização em: 02 de outubro, 2018

PARTICULARIDADES PADRÃO CITTÀ

O Padrão Città utiliza o modelo de layout XML da ABRASF 2.0. Abaixo estão detalhadas as particularidades deste padrão:

  • O sistema não permite:
  • Inutilização da Nota;
  • Tomador

Não permite que enviei o RPS sem possuir tomador na nota.

  • Tomador estrangeiro

Para efetuar a correta emissão de notas fiscais para o estrangeiro deve-se deixar de informar os seguintes campos:

  • Código do município;
  • CNPJ.

Devendo ser informado apenas a razão social, número do documento do tomador estrangeiro e o código do país do tomador.

  • Outras Informações

O layout XML da prefeitura não possui o campo Outras informações portanto caso o contribuinte desejar informá-lo deve inserir no cadastro de empresa, a confirmação de concatenar Outras Informações na discriminação, como ilustra a imagem.

  • Cancelamento

O cancelamento de NFS-es obedece ao prazo estipulado pelo município. Geralmente deve ocorrer entre 5/15 dias úteis.

  • Impressão

O sistema possui impressão de NFS-e para a prefeitura, devendo possuir o usuário e senha disponibilizados pela prefeitura do seu município para realizar a impressão.

  • Natureza da Operação

Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema Città:

Para visualizar um XML de exemplo clique aqui.

Padrão 3TECNOS Upload XML

Última atualização em: 13 de setembro, 2018

O Padrão 3Tecnos Upload XML segue o modelo padronizado ABRASF, porém disponibilizada apenas a opção de importação de arquivos no portal da prefeitura. Deve-se ter cautela no preenchimento dos dados do RPS, tendo em vista que praticamente não há validações por parte do padrão, sobre os valores informados. Segue abaixo suas particularidades.

1. Recibo Provisório de Serviços

Cada lote de RPS permite no máximo 50 RPS.

2. O sistema não permite

– Consulta da NFS-e
– Impressão da NFS-e
– Cancelamento de Notas Fiscais, apenas pelo sistema da Prefeitura
– Tomador do Exterior

3. Cancelamento

Não possui Web Services de cancelamento no sistema, o processo de cancelamento da nota só pode ser efetuado por meio do Sistema da Prefeitura. O prazo para este procedimento é estipulado conforme a questão legal de cada  município.

4. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF

Natureza da operação

5. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

Regime especial de tributação

6. Exemplo XML

Para visualizar um XML de exemplo clique aqui.

Padrão INFISC Bom Princípio

Última atualização em: 03 de setembro, 2018

O Padrão INFISC Bom Princípio não segue o padrão ABRASF. Segue abaixo as particularidades deste novo padrão:

1. Número e Série do RPS

O número da série é único obrigatoriamente. Para permitir a emissão de NFS-e, deve ser solicitada junto a prefeitura a liberação da série para emissão. A série disponibilizada é a de valor ‘S’.

2. O sistema não permite:

  • Informar o Intermediário do serviço;
  • Substituição de RPS;
  • Efetivar uma nota sem Tomador.

3. Cancelamento

O cancelamento pode ser efetuado a qualquer momento pelo contribuinte desde que não tenha efetuado a geração de sua guia mensal.

4. Tipo de placa do veículo

Placa de veículo com os possíveis seguintes formatos: XXX9999, XXX999, XX9999 ou XXXX999. Informar a placa em campo de Informações Adicionais quando tiver lei de formação diversa destes formatos e para placa da transportadora.

5. Tomador do Exterior

  • O CPF/CNPJ deve ser informado vazio;
  • A UF deve ser informada vazia;
  • Código do Município deve ser informado vazio;
  • Não é permitido substituição tributária para tomadores de serviço do exterior.

6. ISS Retido

O município não permite retenção de ISS para pessoa Física.

7. Impressão

Possui a opção de impressão com o modelo da prefeitura.

8. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

LAYOUT XML 4.00

Última atualização em: 11 de maio, 2018

 

Olá! Este artigo tem por objetivo disponibilizar o layout 4.00 do XML da NF-e e da NFC-e. Aqui você irá encontrar a estrutura completa de campos para realizar a integração de seu ERP com o InvoiCy.

A tabela abaixo deve ser utilizada como legenda para interpretação dos campos do arquivo do envio e retorno do XML.

Coluna

Nome do Campo

Tipo

(tamanho)

N – campo numérico C – campo alfanumérico D – campo data H – campo hora

Ele

G – Grupo E – Elemento CG – Elemento de Grupo que deriva de uma escolha (choice) CE – Elemento que deriva de uma escolha (choice)

Pai

TAG raiz do XML de integração entre ERP e GNF-e

Ocorrência

x-y, onde x indica a ocorrência mínima e y, a ocorrência máxima:

1-1 = campo obrigatório, com uma possibilidade,

1-N = campo obrigatório, com uma ou várias possibilidades,

0-1 = campo opcional, com uma possibilidade,

0-N = campo opcional, com uma ou várias possibilidades.

Este layout encontra-se adequado com a Nota Técnica NT2016.002, disponibilizado pela SEFAZ (Secretaria da Fazenda). A íntegra desta NT pode ser consultada clicando aqui.

O layout 4.00 do XML está disponível para download em arquivo XLS. Para visualizá-lo, certifique-se de que você possui o Microsoft Excel instalado em seu computador.

DOWNLOAD:

LAYOUT XML 4.00 (NF-e e NFC-e)

Acesse também a Central de Downloads Migrate, onde você poderá encontrar diversos exemplos reais de NF-e e NFC-e para download.

 

Notícias e novidades

Última atualização em: 11 de abril, 2018

Tela para digitação de NF-e

A partir da versão 1.27.0.0, você usuário pode emitir suas NF-e informando os dados necessários via tela, sem a necessidade de integrar com o Web Service do InvoiCy. Todas as NF-e emitidas via tela serão no novo layout 4.00.

Antes de realizar uma emissão você pode cadastrar as séries desejadas, bem como cadastrar as pessoas e os itens comercializados pela empresa. Veja como realizar os cadastros e a emissão de uma NF-e através dos vídeos listados abaixo:

Você ainda pode consultar o nosso artigo que também descreve o passo a passo de como realizar a emissão de uma NF-e, basta clicar aqui.


InvoiCy White Label

Saiba como ter o InvoiCy do seu jeito, clicando na imagem abaixo!

Banner site


Atualização Módulo NFS-e 3.0

Consulta de municípios integrados

O InvoiCy NFS-e conta com uma novidade na consulta de municípios integrados, sendo possível consultar via tela do sistema > Painel de Controle do InvoiCy > Municípios integrados.

Ou ainda consultar através do Web Service:

https://desenvolvedores.migrate.com.br/2016/05/05/consulta-de-municipios-integrados/

Retorno link da prefeitura

Está disponível a você a decisão de obter o retorno do link da prefeitura, sendo assim, nas configurações para emissão de NFS-e no > Painel de Controle do InvoiCy, ao habilitar o campo “Retornar link para impressão na prefeitura” o sistema irá retornar com a nota o link de impressão do espelho PDF gerado pela prefeitura através da tag <DocImpPrefeitura>, caso esteja disponível.

Atenção! Verifique se seu município disponibiliza esta opção, pois nem todos os municípios emissores possuem essa funcionalidade.

Ao optar pela configuração como SIM, o InvoiCy habilita a opção de Download do espelho e ainda o sistema oferecerá a opção de imprimir no modelo InvoiCy ou no modelo da prefeitura.

Processamento Assíncrono

O InvoiCy oferece duas formas de processamento de Notas de Serviço, síncrono e assíncrono, podendo ser alterado nas configurações de emissão de NFS-e no painel de controle do InvoiCy. Veja as especificações de cada forma de envio:

  • Síncrono: o cliente envia o RPS via Web Service e o InvoiCy faz a comunicação imediata com a prefeitura enquanto o cliente aguarda na conexão. Se a nota for efetivada nesse momento, retornar erros de validação ou gerar o protocolo (prefeituras que não efetivam na hora), o sistema irá retornar as informações ao cliente.
  • Assíncrono: utilizado principalmente por empresas com grande volume de emissão ou que não necessitam efetivar em tempo real as notas, por exemplo escolas, academias ou empresas que realizam o fechamento mensal em um dia específico ao final do mês. Neste caso o cliente pode enviar as notas em lote ao InvoiCy, que irá armazená-las e retornar a confirmação de recebimento. Posteriormente, o sistema fará o envio das notas através de uma fila de processamento, desta forma o cliente deverá fazer a consulta as notas para verificar se ela já foi processada.

Municípios que exigem sequência de RPS

Alguns municípios exigem que todas as notas sejam enviadas em sequência, não aceitando que um número de RPS seja enviado antes que o anterior esteja efetivado. Neste caso recomendamos que o cliente configure a empresa como forma de envio assíncrono no InvoiCy para que ele possa fazer o envio das notas normalmente, pois o sistema irá enviar as notas sequencialmente. Caso alguma nota seja rejeitada, o sistema irá pausar o envio das demais até que aquele registro seja corrigido, retomando automaticamente depois que ele for resolvido.

Observação: caso o cliente não configurar a empresa como assíncrono nestes casos, ele deverá controlar a numeração de RPS diretamente em seu sistema.

Identificação de indisponibilidade dos municípios

Quando o InvoiCy identificar erro de conexão com o sistema da prefeitura (sem conexão, endereço inválido, time out de conexão), o próprio sistema irá adicionar o registro em uma fila de reprocessamento e fará novas tentativas de envio até que consiga enviar a nota.

Um exemplo disso foi em Belo Horizonte, onde o sistema ficou sem conexão por manutenção entre os dias 09 e 10/11/2016. E mesmo assim os clientes continuaram enviando os RPS para o InvoiCy e todas as notas foram para a fila de reprocessamento. Nas primeiras horas do dia 11/11/2016 o sistema da prefeitura voltou a funcionar e todas as notas foram enviadas com sucesso, sem a necessidade do cliente reenviá-las.

Atenção! Esse recurso está disponível independentemente da empresa estar configurada como síncrono ou assíncrono.

Novo espelho RPS

Agora possuímos no InvoiCy um diferencial para a impressão do Espelho RPS, criou-se um novo modelo de Espelho de RPS/NFS-e baseado nos principais sistemas utilizados pelas prefeituras. Para habilitar o novo espelho é necessário configurar o campo “Utilizar Espelho Novo” nas configurações de emissão de NFS-e. 


Validação sobre campos do tipo Date, DateTime e Numeric

Prezado Parceiro, a Migrate estará realizando uma migração de tecnologia em suas aplicações e junto com ela virá uma adequação nos layouts de integração do InvoiCy, onde seguindo o padrão de validação para arquivos XML, os campos de tipo Date, DateTime e Numeric que não possuírem valores válidos ou forem informados com tags vazias ou fechadas resultarão em rejeição por falha no esquema XML. Então sugerimos que você faça uma revisão em seus processos de geração de XML, de forma a evitar possíveis paradas. Para mais informações leia o artigo Validação sobre campos do tipo Date, DateTime e Numeric.


Nova regra de validação do grupo ‘ZX’

Parceiro, no dia 01/11/16 seu cliente poderá parar de emitir NFC-e!

No dia 01/11/2016, algumas UFs ativarão mais uma regra de validação do grupo ZX. A regra que valida o CSC do emissor de NFC-e.

A partir deste dia, caso o CSC do emissor esteja em divergência com o CSC cadastrado na SEFAZ, a NFC-e receberá Rejeição (464): Código de Hash no QR-Code difere do calculado.

Para evitar transtornos na emissão em produção, orientamos a todos os emissores realizarem testes emitindo no ambiente de homologação. Com estas emissões, será possível validar o CSC utilizado no momento, pois algumas UFs já estão aplicando esta regra no ambiente de homologação.

Emissor do RJ que tenha o CSC com 32 caracteres e esteja recebendo a rejeição no ambiente de homologação, deverá gerar um novo CSC no Portal de serviço NFC-e – Manutenção CSC. 


Mapa de Funcionalidades do InvoiCy

Para facilitar a compreensão da Plataforma  de Soluções Fiscais – InvoiCy desenvolvemos um mapa de funcionalidades contendo as informações da plataforma de um modo visual e interativo com links explicativos e detalhados de cada processo.

Para mais informações sobre o “Mapa de Funcionalidades InvoiCy” acesse o artigo.


Implementação da NT 2015/001

A Plataforma InvoiCy foi adequada para atender a NT2015/001, que tem como objetivo a implementação do pedido de prorrogação da suspensão do ICMS na remessa para industrialização após decorridos 180 dias, para o estado de São Paulo. Estes eventos substituem uma petição em papel do contribuinte, frente a administração pública, com um arquivo XML assinado. Para mais informações acesse o artigo.


InvoiCy: Emissão e Gestão de Documentos Fiscais Eletrônicos

Você está com dificuldades para acompanhar as mudanças no cenário de emissão fiscal?
Todas aquelas notas técnicas te trazem dor de cabeça e sobrecarregam sua equipe?
Seu cliente está expandindo e você não consegue acompanhar as diferentes modalidades fiscais?
Provavelmente isso tem limitado o crescimento de sua empresa, não é mesmo?

Então, você precisa conhecer o InvoiCy, uma plataforma completa para emissão de qualquer tipo de documento fiscal que pode ser facilmente integrada a diferentes sistemas de ERP.
Em ambiente cloud você tem segurança e escalabilidade que precisa para dar a performance necessária ao seu sistema; e caso ficar sem internet você emite seu cupom off-line.
A qualquer momento e em qualquer lugar você pode monitorar as emissões em tempo real através do painel de gestão.

Tudo isso com o apoio de uma equipe de especialistas atualizados, e o melhor de tudo, você emite em menos de um segundo! Assim você terá mais tempo para cuidar do seu cliente e manter o foco no seu negócio!


Validação da NCM

De acordo com a NT 002/2015, a partir de 03/11/2015 será realizada a validação da NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) através da tabela do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior). Portanto é importante que os emissores e parceiros atentem para a validação da NCM dos produtos em seus ERPs, de forma a evitar a rejeição: “778 Rej: Informado NCM inexistente, nas NF-e e NFC-e emitidas a partir do dia 03/11/2015.”.

Para facilitar a validação, disponibilizamos a tabela de NCM do MDIC que pode ser utilizada como base pelos emissores e parceiros. Clique aqui para acessar a tabela.


Alterações na Nota Técnica que regula o MDF-e. Confira!

Seu ERP emite MDF-e? Você está sabendo que precisará fazer alguns ajustes para se adequar a última Nota Técnica publicada em Junho/2014?

A Migrate preparou o texto abaixo para facilitar o entendimento e esclarecer os impactos destas alterações.

Conforme a NT 2014/03 que foi publicada 23 de junho de 2014, o MDF terá algumas alterações no layout do documento com inclusão de novos campos, novas regras de validação e alteração no leiaute do DAMDFe do modal rodoviário quando emitido em contingência.

Referente aos campos adicionais, serão acrescentados alguns campos opcionais em determinados blocos:

– Inclusão da tag dhIniViagem no leiaute geral do MDF-e. Esta tag é referente a data e hora prevista de início da viagem.

– Inclusão das tags opcionais RENAVAM e codAgPorto no leiaute rodoviário. A tag RENAVAM serve para informar o RENAVAM do veículo podendo ser também informado nos dados do reboque e a tag codAgPorto é um código de agendamento no porto também informado no leiaute rodoviário.

– Inclusão do grupo de informações opcional de unidade de carga vazia no modal Aquaviário. A tag idfUnidCargaVazia será utilizada para informar a identificação da unidade de carga conforme seu tipo, exemplo: placa da carreta ou número do container. A tag tpUnidCargaVazia será utilizada para informar o tipo da unidade de carga que está vazia.

As regras que serão implementadas são as seguintes:

No web service Recepção, alteração na mensagem de retorno da regra G013 onde pelo menos um dos grupos de documentos deverá ser informado (CT-e, CT, NF-e, NF e/ou MDF-e).

Ainda no web service Recepção, nova regra para impedir Ano inválido, regra G005a Verificar se o Ano da chave de acesso é inferior a 2012. Também a verificação dos campos totalizadores de documentos fiscais, onde a regra G063 verifica se o valor informado nos campos totalizadores de documentos (qCTe, qCT, qNFe, qNF) está de acordo com o numero de documentos relacionados no MDF-e.

No web service Evento Cancelamento, foi implementado uma regra para impedir o cancelamento do MDF-e com Registro de Passagem. Com a implantação do Registro de Passagem do MDF-e, fica possível aplicar a regra K08 do evento de cancelamento que anteriormente estava definida como de implementação futura.

Em relação a alteração no leiaute do DAMFE modal rodoviário quando emitido em contingencia, foi disponibilizado um modelo mostrando um local para indicar o tipo de documento (CT-e, NF-e, NF) e a chave do documento eletrônico que compõe o MDF-e. Se o MDF-e for composto por documentos em papel, deverá ser informado o CNPJ, série e número dos documentos. Importante destacar novamente que este grupo só precisa ser informado quando emitido em contingência.

Conforme a NT 2014/03 a previsão de liberação destas alterações para ambiente de Homologação é para dia 01/08/2014 e dia 01/09/2014 para ambiente de Produção.

A equipe de desenvolvimento da Migrate já está trabalhando em uma versão para adequar o módulo InvoiCy MDF-e a esta NT 2014/03 e assim manter o compromisso com os parceiros de estar sempre a frente das atualizações legais, entregando uma solução atualizada e conforme as exigências do Fisco.


NFC-e: Nota Fiscal Eletrônica de Consumidor

A Nota Fiscal Eletrônica de Consumidor (NFC-e) surgiu do projeto para a criação de uma documentação alternativa aos documentos fiscais que registram operações em que o destinatário seja o consumidor final, visando viabilizar a documentação totalmente eletrônica para controle e fiscalização do varejo.

Os principais objetivos do projeto são a redução de custos aos contribuintes e o aprimoramento do controle fiscal, além de beneficiar o consumidor, que terá maior controle sobre a autenticidade do documento recebido.

No início de 2013, o Conselho Nacional de Política Fazendária – CONFAZ informou novo Ajuste no SINIEF 07/2005 que institui a NFC-e.

Todo o processo da venda será validado diretamente pela SEFAZ via internet no momento da venda (processo semelhante ao NF-e), a chave gerada poderá ser enviada diretamente ao e-mail do cliente ou este mesmo poderá capturar com auxilio do celular o código QR da tela do PDV para ter acesso a relação completa das compras (sem necessidade de impressão).

A emissão de NFC-e irá gerar uma mudança de cultura nas vendas do varejo, veja o vídeo explicativo sobre essas mudanças!


Quer saber mais sobre a NFC-e e como realizar sua integração com a Plataforma InvoiCy? Acesse a página correspondente ao módulo NFC-e, onde você encontrará exemplos de XML para efetuar sua integração.

Release Notes – Versão 1.32.0.0

Versão 1.32.0.0 – 14/02/2018 – Em produção

Envio de prévia da NF-e

A partir dessa versão o InvoiCy irá permitir o envio de uma prévia de NF-e através da integração via Web Service. Essa prévia consiste em um resumo da nota, que poderá conter apenas algumas informações principais, como pode ser observado na imagem abaixo a estrutura de envio da prévia com os campos obrigatórios.

Envio da prévia NF-e

A partir do recebimento dessa prévia será criado um registro da NF-e na tela de “Documentos em digitação”. Posteriormente essa nota poderá ser complementada manualmente pelo usuário e emitida através da tela de digitação do InvoiCy. Para mais informações leia o artigo Envio de prévia da NF-e.

Configuração para imprimir duplicatas no DANFE

Na tela de configurações de impressão da NF-e foi adicionada uma nova opção de configuração, ‘Imprimir duplicatas’, como demonstra a imagem a seguir.

Essa configuração possibilita ao usuário escolher se deseja imprimir as informações de Duplicatas no DANFE. Ao configurar a opção como ‘Sim’, o bloco Duplicatas será impresso no DANFE, como pode ser observado na imagem abaixo. Se optar por não imprimir as Duplicatas basta configurar a opção como ‘Não’.

Inutilização de NFS-e

A partir dessa versão clientes emissores de NFS-e poderão inutilizar no InvoiCy os documentos rejeitados. Destacando que apenas Caxias do Sul-RS disponibiliza serviço de inutilização, para os demais municípios a NFS-e será inutilizada apenas no InvoiCy. E para padrões que fazem uso da sequência de numeração do RPS não será permitida a inutilização. Para mais informações leia o artigo Serviço de inutilização de NFS-e.

Detalhamento da versão

Para conhecer todas as modificações realizadas nessa versão, clique aqui.

 

Versão 1.32.0.0 – mais detalhes

Última atualização em: 14 de fevereiro, 2018

Confira todas as alterações e melhorias realizadas na versão 1.32.0.0 do InvoiCy, que já está em produção:

Código da solicitação – Descrição

8078 – Processo de importação de arquivos para emissão: foram efetuadas algumas melhorias e correções no processo de importação de arquivos para emissão.

8198 – Cancelamento de licenças: o processo de cancelamento de licenças via tela não estava funcionando de acordo para algumas empresas que possuíam caracteres especiais em seus dados. Foi realizado um tratamento sobre esses caracteres para assim não impactar no cancelamento das licenças.

8283 – Logs do documento: na tela de detalhes do documento, aba Logs, será exibida uma quantidade de 100 logs, e caso houver novas tentativas de interação com esse documento sempre o último log será atualizado, mantendo ainda os logs antigos, mas sem ultrapassar o limite de 100 registros.

NF-e:

8257 – Prévia de NF-e: o InvoiCy irá permitir o envio de uma prévia de NF-e através da integração via WS, criando um registro da NF-e na tela de “Documentos em digitação”. Posteriormente o usuário poderá emitir manualmente essa NF-e através da tela de digitação do InvoiCy. Para mais informações leia o artigo Envio de prévia da NF-e.

8206 – Configuração para imprimir duplicatas no DANFE: através da opção ‘Imprimir duplicatas’ na tela de configurações de impressão da NF-e, o usuário poderá escolher se deseja imprimir as informações de Duplicatas no DANFE.

8234 – Envio de eventos via tela de detalhes: ao enviar uma carta de correção ou efetuar o cancelamento de uma NF-e via tela de detalhes do documento, informando algum caractere especial ou espaços após o último caractere do texto o evento não era efetivado com sucesso. Foi realizado um tratamento para remover esses caracteres e assim efetuar a emissão dos eventos.

8222 – Carta de Correção para NF-e: ao enviar uma carta de correção para uma NF-e, será validado se a chave de acesso informada condiz com o número da NF-e, caso não estiver de acordo retornará a seguinte mensagem: “O número do documento difere do número do documento na chave de acesso”.

CT-e:

8184 – Melhorias no DACTE: foram efetuadas algumas melhorias no DACTE, para não cortar as informações de natureza da operação e nome do emitente quando as descrições forem muito extensas. Também se otimizou o espaço diminuindo o tamanho do bloco de ‘Documentos originários’.

8177 – Envio de CC-e: nas versões anteriores não era possível enviar uma carta de correção no layout 3.0 para um CT-e que já estava autorizado no layout antigo 2.0. Efetuou-se um tratamento e a partir dessa versão será possível emitir o evento com o novo layout 3.0 para CT-e autorizado no layout antigo.

8212 – Retorno do envio de CC-e: a partir dessa versão, ao enviar uma carta de correção via integração Web Service, será retornado também o base64 do PDF da carta de correção.

MDF-e:

7962 – Detalhes dos eventos: ao acessar a aba ‘Eventos’ na tela de detalhes de um MDF-e, e clicar nas informações da grid, será aberta uma nova tela exibindo os detalhes do respectivo evento.

NFS-e:

8175 – Link de impressão da prefeitura para o padrão Nota Carioca: a partir dessa versão empresas emissoras de NFS-e para o padrão Nota Carioca também poderão configurar na tela de configurações para emissão se desejam receber no retorno o link de impressão da prefeitura, através da configuração ‘Retornar link de impressão da prefeitura, quando disponível’.

8117 – Inutilização de NFS-e: a partir dessa versão os clientes emissores de NFS-e poderão inutilizar os documentos rejeitados no InvoiCy. Para mais informações leia o artigo Serviço de inutilização de NFS-e.

8325 – Não imprimir itens no espelho do RPS: empresas que emitem NFS-e poderão configurar se desejam imprimir os itens no espelho do RPS, através da nova opção na tela de configurações de emissão de NFS-e “Imprimir os itens no espelho”, como demonstra a imagem abaixo.

Ao configurar essa opção como ‘Sim’ o espelho do RPS sairá com os itens impressos, como pode ser visto na imagem abaixo.

Já ao configurar a opção como ‘Não’ o espelho do RPS não irá imprimir os itens, de acordo com a imagem a seguir.

 

Envio de prévia da NF-e

Última atualização em: 05 de fevereiro, 2018

O InvoiCy conta com uma nova funcionalidade a partir de agora, a possibilidade de enviar uma prévia da NF-e através da integração via Web Service. Essa prévia consiste em um resumo da nota, que poderá conter apenas algumas informações principais da NF-e.

Ao receber essa estrutura da prévia, o InvoiCy irá criar um registro da NF-e na tela de documentos em digitação. Posteriormente essa nota poderá ser complementada manualmente pelo usuário e emitida através da tela de digitação do InvoiCy.

Na sequência apresentamos um passo a passo de como proceder para enviar a prévia de uma NF-e.

Primeiramente o seu ERP deve realizar a integração com o novo Web Service disponibilizado pelo InvoiCy. Trata-se do WS arecepcaoprevia.aspx. Este Web Service é único e deve ser utilizado apenas para efetuar o envio da prévia das NF-e. Abaixo, detalhamos o processo de integração com esse Web Service.

Para realizar a integração siga os seguintes passos:

1. Visualizando a estrutura WSDL do Web Service

Para visualizar a estrutura WSDL do Web Service basta copiar e colar o link do Web Service em seu navegador de internet, por exemplo, https://homolog.invoicy.com.br/arecepcaoprevia.aspx?wsdl. Assim podemos visualizar toda a estrutura do WSDL, conforme demonstra a imagem abaixo:

2. Realizando o consumo do Web Service

Você deverá realizar o consumo do Web Service para efetuar a integração. Ao consumir o WS deverá informar os seguintes parâmetros:

EmpPK: Chave de Parceiro disponibilizada pela Migrate para cada cliente.

Exemplo: PYcEsFuKroDBojfiFEl+Ms==

A chave de parceiro é gerada por nosso Sistema de Gestão no momento que a sua empresa é cadastrada como nosso parceiro. A mesma será enviada por e-mail e utilizada para controlar as empresas de clientes finais que utilizarão licenças adquiridas pela sua empresa.

EmpCK: Código HASH gerado em formato MD5 de acordo com os dados enviados.

Exemplo: 213f3b55d679e790258fd811cc86d309

Utilizado para validar a comunicação e proporcionar segurança à comunicação. Consulte o artigo Como gerar o código Hash MD5? para mais informações.

EmpCO: Identificador do PDV. Não é necessário o preenchimento.

Texto: Uso interno do InvoiCy. Não é necessário o preenchimento.

Documento: Conteúdo do XML da prévia a ser enviada para o InvoiCy.

Parâmetros: Neste campo podem ser informados alguns parâmetros, como por exemplo, quais dados deseja que retorne ao executar uma consulta de documentos. Não é necessário o preenchimento.

Dentro da TAG <inv:Documento>, você deverá informar o conteúdo XML da prévia. O conteúdo da tag “Documento” deve ser convertido para texto, como demonstra a imagem abaixo:

Para fazer download da estrutura SOAP de envio clique aqui.

3. Gerando a estrutura do arquivo XML da prévia

O layout para envio da prévia segue a mesma estrutura do layout de envio da NF-e, onde deve ser incluído apenas o campo <NumeroPedido>, e substituída a tag pai <Envio> por <EnvioPrevia>. Para visualizar o layout de envio da NF-e clique aqui.

A imagem abaixo representa o layout com os campos obrigatórios para o envio da prévia. Os demais campos do layout podem ser incluídos conforme a necessidade da empresa.

Envio da prévia NF-e

Para fazer download da estrutura do arquivo XML exibido na imagem clique aqui.

Abaixo esclarecemos algumas informações importantes sobre o envio da prévia.

– Número do pedido:

O número do pedido é único para cada documento enviado, ou seja, para cada novo número de pedido será gerado um novo documento.

Se o número do pedido enviado já existir no InvoiCy e a nota ainda estiver em digitação, os dados do documento serão atualizados.

Porém se o número do pedido já existir no InvoiCy, mas a nota não estiver mais em digitação, ou seja, estiver com status final (autorizada, rejeitada, cancelada), será retornada uma mensagem informando que o número do pedido corresponde a um documento já emitido.

– Série do documento:

Não é obrigatório informar a série para o envio da prévia. Nesse caso o InvoiCy irá pegar a série que está cadastrada como padrão para a empresa, e gerar o documento seguindo a numeração já existente.

Caso o cliente informe uma série, mas a mesma ainda não está cadastrada, o InvoiCy irá cadastrar a série para a empresa, porém não como série padrão.

– Informações de produto, destinatário e tomador:

Se o cliente informar apenas o código de um produto que já está cadastrado para a empresa, o restante das informações será apresentado quando o cliente acessar o documento em digitação, de acordo com o cadastro do item.

Da mesma forma, caso o cliente informe apenas o CNPJ do destinatário e/ou transportador, as informações serão acrescentadas ao documento em digitação de acordo com o cadastro de pessoas.

Quando o usuário informar o código de um produto, CNPJ do destinatário ou transportador já existente no InvoiCy, porém com mais algumas informações, estas informações serão atualizadas nos devidos cadastros.

O cliente também tem a opção de informar um produto, destinatário ou transportador que ainda não esteja cadastrado no InvoiCy, então no momento de recebimento da prévia os mesmos serão cadastrados de acordo com as informações recebidas.

Caso o cliente envie apenas algumas informações básicas, o cadastro será efetuado mesmo assim, e posteriormente poderá ser complementado via tela no InvoiCy.

4. Realizando a leitura do retorno do envio da prévia

Após o envio da prévia da NF-e, precisamos realizar a leitura do retorno do processamento do documento. O retorno recebido segue a seguinte estrutura XML:

Para fazer download da estrutura SOAP de retorno clique aqui.

Após o recebimento da prévia no InvoiCy, será gerado um registro da NF-e na tela de documentos em digitação, conforme imagem abaixo, que poderá ser complementado e emitido pelo usuário posteriormente.

5. Consulta da prévia

Após o envio da prévia, o cliente tem a possibilidade de executar uma consulta para visualizar os documentos que ainda estão em digitação. Para isso basta enviar a mesma estrutura de consulta de documentos do InvoiCy, juntamente com os parâmetros. A imagem abaixo representa uma estrutura básica para consulta de um documento.

Consulta de documento

Nos parâmetros apenas deve ser acrescentada a tag <DocumentosDigitacao>, com a informação ‘S’, como demonstra a imagem abaixo.

Parâmetros da consulta

Para mais informações sobre a consulta de documentos leia o artigo Consultando um documento.